segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Sisutec: resultado está disponível na internet

Se você busca uma vaga na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), pode consultar a internet. As matrículas vão até terça (27/8/2013), nas instituições de ensino. O Sisutec oferece vagas gratuitas em cursos técnicos, com seleção por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012.

As vagas que não forem ocupadas após a segunda chamada serão ofertadas por meio de inscrições feitas exclusivamente pela página do Pronatec, entre os dias 29 de agosto e 16 de setembro. Nessa fase, será exigida apenas a conclusão do ensino médio, sem a obrigatoriedade de participação no Enem.

A primeira edição do Sisutec registrou inscrições de 383.080 candidatos, que concorreram a 239.792 vagas. Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou na rede privada na condição de bolsista integral têm prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção.

Os cursos mais procurados foram os de técnicos em segurança do trabalho, em informática e enfermagem. A preferência foi por aulas no período noturno.

Clique aqui para saber mais sobre

Fonte Agência Brasil


Prêmio Design: iF Product Design Award faz 60 anos

Desde 1953, o iF se sobressai como uma das principais instituições de design do mundo. Dentre suas atividades está o IF Product Design Awards, que se realiza anualmente. O prêmio é um dos dez maiores e mais importantes selos como sinônimo de qualidade.


A
s inscrições estão abertas até 25 de outubro deste ano. Clique aqui para saber tudo sobre 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Fotogtrafia e ciência: CNPq vai premiar melhores fotos relacionadas à CT&I

Alunos de graduação e pós-graduação, professores e cientistas brasileiros podem se inscrever até 30 de agosto no 3º Prêmio de Fotografia Ciência & Arte. A promoção é do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Hirundichthys rondeleti: Foto de Viviane Bernardo de Sant Ana, da PUCRS:
vencedora da Categoria 2 da edição de 2012 do prêmio

O concurso permite apenas uma inscrição em uma das categorias. A imagem deverá estar correlacionada com a área de atuação do candidato e deve ter sido produzida para servir como base de pesquisa. Nesta edição, será permitida a inscrição de imagens efetuadas por meio de instrumentos científicos especiais, como microscópio, lupa ou raio X.

Segundo informações do CNPq, o grupo avaliador analisará o impacto visual, a inovação, a relevância da imagem para a pesquisa, a qualidade estética e contribuição para a popularização, a divulgação científica e tecnológica entre outros.

Os campeões de cada categoria serão reconhecidos com prêmio de R$ 8 mil e ganharão passagem área e hospedagem para participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em julho de 2014, em Rio Branco, no Acre. O segundo colocado levará R$ 5 mil e o terceiro R$ 2 mil. O resultado final será apresentado no dia 29 de novembro.

Clique aqui para saber tudo sobre o prêmio.

Fonte Agência Gestão CT&I


Tecnologia: Núcleo de Sustentabilidade traz inovações verdes para a indústria

Construir uma casa em seis vezes menos tempo e com redução de até 85% do desperdício de material é possível? Com o woodframe, a Tecverde, empresa curitibana, tem mostrado que sim. A tecnologia foi trazida ao Brasil em 2010, em parceria com o Senai do Paraná e o Ministério da Economia de Baden-Wurttemberg, da Alemanha.

O sistema construtivo foi tropicalizado, ou seja, adaptado para se ajustar às nossas normas, clima e cultura. “As paredes, por exemplo, receberam reforços estruturais para ficarem mais robustas e possibilitarem fixação de móveis em qualquer lugar da parede, costume do consumidor brasileiro”, explica Caio Bonatto, diretor da Tecverde. Outro ajuste foi o reforço nas estruturas contra umidade tanto no exterior quanto no interior da casa, pois no Brasil a umidade é mais agressiva do que na Europa.

A tecnologia woodframe é uma das soluções sustentáveis utilizadas para a construção do Núcleo Senai de Sustentabilidade, que a partir de setembro será referência em soluções verdes para a indústria. O núcleo, em Curitiba, servirá como showroom interativo para que indústrias e comunidade possam conhecer novas tecnologias sustentáveis aplicadas à construção civil, energia e meio ambiente.

O Núcleo de Sustentabilidade servirá como showroom interativo para que
indústrias e comunidade possam conhecer novas tecnologias sustentáveis
aplicadas à construção civil, energia e meio ambiente

Graças ao recurso de realidade aumentada, que cria a sobreposição de objetos virtuais tridimensionais em um ambiente real e que serão visíveis por meio de tablet, os visitantes poderão conhecer como foram produzidos os elementos sustentáveis da construção.

Todas as tecnologias presentes no núcleo foram desenvolvidas por empresas parceiras do Senai. Entre elas estão o telhado verde, para controle de temperatura; reaproveitamento da água da chuva; iluminação em LED, torneiras com controle de vazão e descargas econômicas.

A casa será autossustentável na questão de energia, que será captada em painéis solares. O excedente será distribuído pela rede de energia da unidade do Sistema Fiep localizada na Cidade Industrial de Curitiba, onde fica o Núcleo, utilizando o conceito de smart grids. A gestão das tecnologias será feita por um sistema de automação residencial (domótica), que proporcionará a análise e o monitoramento online da geração de energia renovável, via consultas interativas.

Oportunidades para a indústria
Hewerton Martins, CEO (Chief Executive Officer) da Solar Energy, fornecedora dos painéis fotovoltaicos, explica que a utilização de tecnologias sustentáveis na indústria é uma forma de agregar valor ao produto final. “Quando uma empresa implementa a energia solar, isso torna-se não só uma economia para ela, que passa a produzir energia limpa e renovável localmente, mas também um diferencial”, conta Martins. “O consumidor atual exige que as indústrias sejam sustentáveis e não agridam o meio ambiente. Comunicar a esse consumidor as atitudes em prol da sustentabilidade que a empresa tem faz com que ela se destaque no mercado e agregue valor ao seu produto. Imagine uma indústria de cosméticos produzindo protetores solares utilizando energia solar. É um diferencial como esse que pode ser a chave para o sucesso do negócio”, comenta o CEO.


Segundo o diretor do Senai no Paraná, Marco Secco, o Núcleo de Sustentabilidade será um meio da indústria perceber novas oportunidades de negócio. “Temos um espaço que será um ícone para a sustentabilidade industrial. Entendemos que para falar desse assunto precisamos analisar o ambiente como um todo, envolvendo também questões econômicas, culturais e sociais. O núcleo foi pensado dessa forma. Ali estarão disponíveis tecnologias e inovações que contemplam a sustentabilidade como um todo e que são aplicáveis à realidade da indústria brasileira”.


Pessoas com deficiência: Senai abre 13,7 mil vagas em cursos do Pronatec

O Senai está aceitando inscrições em 17 estados para 13,7 mil vagas em cursos de formação inicial e continuada ou em cursos técnicos de nível médio para pessoas com deficiência. Os cursos são gratuitos e integram o Pronatec, que também oferece aos estudantes transporte, alimentação e material didático.

Os interessados podem se inscrever pela internet na página pronatec.mec.gov.br, na qual encontram a lista das opções disponíveis, ou procurar instituições como os Centro de Referência de Assistência Social (Cras), as secretarias municipais de direitos humanos e as agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine), responsáveis por encaminhar os pedidos de matrículas. Quem for estudante do ensino médio de escolas públicas deve procurar a secretaria das escolas.

De janeiro até agora, foram realizadas cerca de 1,3 mil matrículas em cursos como costureiro industrial, padeiro/confeiteiro, operador de computador, eletricista industrial, entre outros. As aulas – em turmas inclusivas, das quais participam estudantes com deficiência e os outros alunos – contam com professores qualificados para lidar com diversos tipos de deficiência, além de material didático adequado à situação de cada estudante.

Confira abaixo o número de vagas nos estados e pelo Cetiqt:

Alagoas: 639
Amapá: 145
Amazonas: 73
Bahia: 100
Espírito Santo: 2.300
Goiás: 1.200
Maranhão: 352
Mato Grosso: 3.640
Mato Grosso do Sul: 38
Paraíba: 100
Paraná: 1.619
Rio de Janeiro: 78
Rio Grande no Norte: 150
Rio Grande do Sul: 101
São Paulo: 394
Santa Catarina: 2.225
Tocantins: 88

Cetiqt: 697

Fonte Portal Indústria


terça-feira, 20 de agosto de 2013

Certificação Profissional: Senai-MG abre inscrições até 30 de agosto

O Programa de Certificação Profissional do Senai de Minas Gerais está com inscrições abertas até o próximo dia 30. A certificação de pessoas reconhece formalmente as competências do profissional, independentemente da forma como foram adquiridas.

O objetivo é assegurar às empresas, trabalhadores qualificados para um desempenho eficiente e eficaz e consequentemente, produtos e serviços de melhor qualidade, favorecendo a inserção ou manutenção dos trabalhadores no mercado de trabalho.

Para se candidatar à certificação é necessário ter concluído o ensino médio e comprovar o exercício profissional de, pelo menos, dois anos de atuação na habilitação técnica pretendida. O profissional é avaliado por meio de provas escritas e práticas.

Os segmentos da indústria que fazem parte do programa são os seguintes: administração, agrimensura, alimentos, automação industrial, biotecnologia, calçados, comunicação visual, design de móveis, edificações, eletroeletrônica, eletromecânica, eletrônica, eletrotécnica, informática, logística, manutenção automotiva, mecânica, mecatrônica, meio ambiente, metalurgia, mineração, móveis, panificação, química, segurança do trabalho e vestuário.

Clique aqui para saber mais ou ligue 31 3226-4696




sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Cursos técnicos gratuitos: MEC prorroga prazo para matrícula dos selecionados no Sisutec

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para a divulgação dos resultados da segunda chamada do processo seletivo e a matrícula dos candidatos convocados no Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que seria encerrada nesta sexta (16/8/2013).

O Sisutec oferece vagas gratuitas em cursos técnicos para quem estiver terminando o ensino médio. A seleção é feita por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012.

Clique aqui para saber tudo sobre

O prazo da matrícula para os convocados na primeira chamada foi prorrogado para o próximo dia 20. Os resultados da segunda chamada serão divulgados no dia 22 e as matrículas dessa etapa poderão ser feitas entre os dias 23 e 27 deste mês.

As vagas remanescentes serão ocupadas em livre concorrência, por meio de inscrição na página do programa na internet, entre os dias 29 de agosto e 16 de setembro. As instituições de ensino credenciadas no Sisutec poderão alterar a data de início das aulas, observando como limite o dia 21 de outubro.

A primeira edição do Sisutec teve 383.080 inscritos. Como cada candidato podia fazer até duas opções, foram 737.229 inscrições. Os cursos mais procurados foram técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições para 13 mil vagas; e técnico em informática, com 71.850 candidatos para 23 mil vagas. Do total de inscrições, 57% foram feitos por mulheres. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

Do total de vagas, 85% são destinadas aos candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsista integral. As vagas são ofertadas em instituições da rede pública, privada e do Sistema S. Os cursos têm de um a dois anos de duração, com carga horária entre 800 e 1.200 horas-aula.


Fonte Agência Brasil

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Design: Ceará Moda Contemporânea vai premiar novos talentos

Destacar novos profissionais para o mundo da moda. Essa é a proposta da quinta edição do concurso Ceará Moda Contemporânea, promovido pelo Sinditêxtil, Sindroupas e Sindconfecções, em parceria com o Sebrae e o Senai-CE. O evento final será promovido na feira Maquintex, em 21 de agosto, a partir das 19h30, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.


Clique aqui para conhecer os finalistas do Design 2013


O concurso reúne estudantes, autodidatas e profissionais da moda, nas categorias Design (individual), Modelagem (individual ou dupla) e Costura (individual). Os participantes serão avaliados considerando quesitos como técnica e criatividade durante as etapas da competição.

Este ano, o desfile da categoria Design tem como tema Arte, Moda e Contemporaneidade. Seis designers participarão da grande final: Bruno Oliveira Araújo, David Lee Costa Pinto, Fernando Luis Butrago da Silva, Maciel Kelton de Sousa Gomes, Márcia Regina Ferreira da Silva e Maria Iclea dos Santos Coutinho. O primeiro colocado ganha uma viagem (com passagem e hospedagem) de capacitação no Projeto Circuito Moda Londres promovido pelo Senai-CE, em setembro próximo.

Os finalistas das categorias Modelagem e Costura serão divulgados somente no dia do evento.

Para o Sinditêxtil, 2013 será especial tendo em vista os 130 anos da indústria têxtil cearense e a parceria com a Maquintex, feira consolidada como grande evento da indústria têxtil do Nordeste.

Esta edição do concurso mobiliza cerca de 102 inscritos e 3 mil convidados para o evento final.

Mais informações: 85 3421-5456.



quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Pesquisa e inovação: investimento no setor durante crise criará grupo diferenciado de países, avalia ministro Coutinho

A crise econômica internacional não tirou da inovação o status de prioridade entre os países desenvolvidos e parte dos emergentes, avaliou hoje (1º) o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. Ele acredita que essa insistência elevará essas nações a um patamar diferenciado

"Está nascendo um processo de transformação, que ainda não é evidente e que vai diferenciar um conjunto de países que têm perseverado no apoio e no avanço da inovação", destacou ele no lançamento da pesquisa Barômetro da Inovação, feita pela multinacional General Eletric (GE).

Coutinho disse que o Brasil é um caso de país atrasado na inovação, por ter uma estabilização da economia recente. "Foram 30 anos de uma altíssima instabilidade em que era impossível para o setor privado enxergar além de um ou dois anos".

Atualmente, na visão dele, o Brasil organizou o sistema de ciência e tecnologia, com a Lei do Bem e a Lei da Inovação, e dispõe dos mesmos instrumentos de apoio à inovação que os países desenvolvidos. Apesar disso, ele destacou que é preciso "dobrar o esforço de inovação do setor privado, que em outros países corresponde de dois terços a 80% dos investimentos".

"O sistema brasileiro está muito encapsulado. Ele precisa disponibilizar mais recursos diretos que façam o papel catalisador da energia privada. É insubstituível a liderança do setor privado".

Apesar da redução da participação da indústria no Produto Interno Bruto de muitos países, entre eles o Brasil, o presidente do BNDES destacou o papel do setor na inovação: "Se olharmos por dentro, vamos ver que o papel da indústria não se modificou. Ela contribui com mais de 70% dos investimentos em inovação".

De acordo com a pesquisa realizada pela GE com 3,1 mil executivos das maiores empresas de 25 países, 95% dos entrevistados brasileiros disseram que a inovação é uma prioridade estratégica para suas empresas.

O Brasil foi apontado como ambiente positivo para a inovação por 30% dos entrevistados, o 17º melhor resultado. Quando os entrevistados foram os próprios brasileiros, 43% avaliaram que o cenário nacional favorece a inovação.

Os dez países mais bem avaliados globalmente foram: Alemanha (85%), Estados Unidos (84%), Japão (81%), Coreia do Sul (70%), Reino Unido (69%), Suécia (66%), China (66%), China (66%), Cingapura (63%) e Suíça (60%). A Índia aparece na lista em 12º, com (55%), a Rússia, em 18º, com 29%, e a África do Sul, em 23º, com 20%. A Nigéria, com 5%, foi a última colocada.


Fonte Agência Brasil

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Moda e design: Centro especializado tem vagas para cursos de curta duração no Rio

O Senai Cetiqt está com oportunidades para diferentes cursos nas áreas de artes, figurino & indumentária; confecção; estamparia; moda, design e modelagem. Os programas são de extensão e curta duração. As vagas são limitadas e serão ofertadas durante este segundo semestre, no Rio de Janeiro, de acordo com cada curso.

Clique para se inscrever e saber mais

Quem já participou aprova os cursos do Cetiqt. A estilista carioca Cecília Varella é professora universitária de moda. No mês passado, ela fez o curso Figurino no Cinema, na TV e na Propaganda. Segundo ela, o curso de extensão, com 20 horas/aula, agregou conhecimento e vai ajudá-la em seu trabalho.

“O Cetiqt tem um nome muito grande no mercado, foi um dos pioneiros do curso de moda. A dinâmica em sala é muito boa. Como o Senai tem uma visão industrial, tudo é feito na prática, as pessoas chegam na aula e já colocam a mão no trabalho, não ficam apenas na teoria”, conta Cecília, destacando que “os professores são muito bons e o centro é bem aparelhado”.

Fonte Portal da Indústria



Educação profissional e tecnológica: Sisutec abre quase 240 mil vagas em cursos técnicos

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) está oferecendo 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos. As inscrições estarão abertas até 12 de agosto.

A seleção dos alunos, que deverão ter concluído o ensino médio, será feita de acordo com a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nessa seleção será usada a nota do Enem 2012. A primeira chamada será divulgada no dia 14, com matrículas em 15 e 16 de agosto.

Os cursos com maior oferta de vagas são os ligados à tecnologia da informação, saúde e área industrial: informática (23 mil), técnico em enfermagem (14 mil), técnico em logística (13 mil), técnico em segurança do trabalho (13 mil) e técnico em redes de computadores (11 mil) e outros (Foto Sistema Fiesc)

Do total de vagas, 85% são destinadas aos candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsista integral. As vagas são em instituições da rede pública, privada e do Sistema S. Os cursos têm de um a dois anos de duração (entre 800 e 1.200 horas-aula) e deverão ser iniciados a partir deste mês, de acordo com o Ministério da Educação.

Os estados onde há maior oferta são São Paulo (76 mil), Pernambuco (40 mil), Minas Gerais (27 mil), Paraná (17 mil) e o Distrito Federal (8 mil).

A maior oferta de vagas é em instituições privadas, que foram selecionadas de acordo com o desempenho na avaliação da qualidade da instituição e do curso. O Sisutec é uma modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em 2011 para ampliar a oferta de cursos de Educação profissional e tecnológica.


Fonte Agência Brasil


Do Estadão: depois de sucesso nos EUA, cursos de universidades de ponta chegam ao Brasil

A Universidade de Stanford foi a primeira instituição a apostar no Mooc (Massive Open Online Course, em inglês), em 2011. O curso Inteligência Artificial atraiu 160 mil pessoas ao redor do mundo.

Hoje, uma das principais plataformas de Moocs, o Coursera, reúne 62 instituições, como Stanford e Columbia, e tem 4 milhões de usuários. O segredo? Os Moocs são cursos livres – qualquer pessoa pode fazê-los, independentemente do nível de instrução –, não têm seleção, são a distância e gratuitos. Basta se inscrever e cursar.

Agora, os Moocs chegam com força ao Brasil. Já estão em duas das principais instituições do País, a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Brasília (UnB), e neste semestre devem ser oferecidos por outras seis: Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Fundação Getúlio Vargas (FGV), Pontifícias Universidades Católicas de São Paulo (PUC-SP) e Rio de Janeiro (PUC-Rio) e Universidade Federal de Campina Grande.

Clique aqui para ler a reportagem na íntegra e onde encontrar Moocs e outros cursos online.