segunda-feira, 15 de julho de 2013

Negócios inovadores: empresas brasileiras vão participar do Global Access Program, promovido pela UCLA

Oito empresas brasileiras, 25% delas paranaenses, estão selecionadas para participar do Global Access Program (GAP), programa que conecta alunos de MBA da UCLA Anderson School of Management, da Califórnia, nos Estados Unidos, a empresários do mundo todo. O evento, que ocorrerá na próxima semana (25 a 27/7/2013), é um dos maiores da área, reunindo cerca de 500 pessoas de mais de 20 países, entre estudantes de MBA, empresários e parceiros. O Brasil é o terceiro colocado em número de empresas participantes, ficando atrás apenas da Finlândia e da Itália.

No Brasil, as empresas são selecionadas em parceria com o Núcleo de Capital Inovador do Senai Centro Internacional de Inovação, que as acompanha durante o período de seis meses, tempo que dura a elaboração do plano de internacionalização, feito pelos alunos de MBA da UCLA. O Senai no Paraná é o segundo maior parceiro da UCLA em número de empresas captadas, uma vez que em outros países a Universidade conta com mais de um parceiro.

A prospecção de empresas para o GAP deste ano teve início em novembro de 2012 e culminou na visita do professor Bob Foster, coordenador geral do programa, que veio ao Brasil entrevistar as candidatas e selecionar as oito aprovadas. Foster esteve em Curitiba, Florianópolis e São Paulo ministrando palestras sobre o GAP. Ao todo, foram contatadas mais de 300 empresas que demonstraram interesse de participar do programa.

As empresas selecionadas são conectadas com cinco alunos do programa de MBA part-time da UCLA. Esses estudantes são profissionais de empresas em tempo integral com, pelo menos, nove anos de experiência em diversas especialidades como marketing, finanças e operações. Através do programa, a equipe fornece mais de 2 mil horas de consultoria para a empresa, a partir da elaboração de um plano de negócios.

O plano contempla o lançamento de um produto, novo ou já existente, para um mercado diferenciado, além de recomendações estratégicas, financeiras, operacionais e mercadológicas. Também fornece uma análise comparativa da proposta de valor da empresa em comparação com sua concorrência. O projeto final será apresentado pelos estudantes e empresários no dia 07 de dezembro deste ano.

Parceria
A parceria entre o Senai e a UCLA existe desde 2010, quando as três primeiras empresas brasileiras, todas paranaenses, participaram do programa. Em 2012, uma das empresas participantes foi a Quanta Diagnostico & Terapia. Para o empresário João Vitola, trabalhar com o grupo de pesquisadores da UCLA durante vários meses foi uma ótima experiência. “Construímos juntos um plano de negócios bem estruturado, elaborado para a expansão dos nossos negócios, com a criação do departamento científico de pesquisas clínicas. As recomendações tiveram um grande valor e papel nesse processo, e hoje estamos esperando os resultados financeiros positivos, que devem ser sentidos no ano fiscal de 2014”, relata Vitola.

Rodrigo Cerci, diretor do departamento de pesquisa da Quanta, conta que a principal contribuição do trabalho realizado em parceria com a UCLA foi a identificação de empresas regulatórias (CROs). “São essas empresas que direcionam o mercado e sobre as quais tínhamos informações limitadas. Estamos desenvolvendo estratégias para apresentar nosso departamento científico a estas empresas, ao invés de fazermos apenas contatos diretos com os patrocinadores e investidores, que era a abordagem habitual do departamento”, explica Cerci. “A criação de um website específico deste departamento (www.quantacr.com) é um exemplo desta mudança estratégica. Esperamos nos estabelecer definitivamente no mercado e obter resultados no médio prazo”, finaliza.

A Biodinâmica, empresa de Londrina que fabrica produtos odontológicos, é uma das participantes do GAP deste ano. Para Eduardo Scarchett, gerente de negociações internacionais da empresa, participar do programa será uma grande oportunidade, uma vez que o mercado odontológico norte-americano é um dos melhores e maiores do mundo e faz parte do planejamento estratégico da empresa começar a comercializar seus produtos nos Estados Unidos a partir de 2014.

“A marca Biodinâmica e os produtos que fabricamos estão se consolidando cada vez mais no mercado odontológico mundial, devido à qualidade e inovação que apresentam. Atualmente nossos produtos chegam a mais de 50 países e a milhões de consumidores”, conta Scarchett. “Com a nossa participação no GAP esperamos preparar um valioso plano de negócios, com uma análise detalhada e independente, que nos ajudará nas escolhas, tomadas de decisão e preparação de estratégias visando a introdução de nossos produtos no mercado norte americano”, finaliza o gerente.

As empresas que desejem participar do GAP podem entrar em contato com a área de Capital Inovador do Senai Centro Internacional de Inovação:
Ricardo Fortunato Barcelos, 41 3271-7458 ou ricardo.barcelos@fiepr.org.br

Fonte Agência Fiep


Nenhum comentário:

Postar um comentário