sexta-feira, 5 de julho de 2013

Mercado de trabalho: Brasil precisa formar 850 mil profissionais até 2015 em áreas da indústria

Até o fim de 2015, o Brasil terá de formar 850 mil profissionais em 33 ocupações industriais. O dado faz parte de análise inédita realizada pelo Senai, que oferece programas de Educação profissional e tecnológica nas áreas demandadas.

A análise mostra também que, além do número de vagas, os salários oferecidos nessas áreas são compensadores: a remuneração média supera os R$ 2 mil. O estudo inédito é baseado no Mapa do Trabalho Industrial, elaborado para subsidiar o planejamento da oferta de cursos técnicos e de formação inicial pelo próprio Senai.

Destaques entre as ocupações industriais
Fresagem a Comando Numérico Computadorizado (CNC) (foto), Computer-aided design (CAD), Caldeiraria, Design Gráfico, Eletrônica Industrial, Estruturas Metálicas, Impressão Offset, Instalação Hidráulica e a Gás, Instalação Manutenção de Redes, Manufatura Integrada, Manutenção Aeronáutica, Marcenaria, Mecatrônica, Polimecânica, Robótica Móvel, Soldagem, Soluções de Software, STI, Tecnologia da Moda, Tornearia CNC e Web Design




Nenhum comentário:

Postar um comentário