quarta-feira, 19 de junho de 2013

Tecnologia em saúde bucal: Rio Claro ganha nesta sexta laboratório de ensaios em implantes

Criado para apoiar a competitividade do segmento, o Laboratório de Ensaios em Implantes no Senai de Rio Claro, em São Paulo, vai promover ensaios físicos e químicos para as indústrias da região. Desde 2008, Rio Claro – município a 180 quilômetros da capital paulista – se projeta como polo de fabricação e desenvolvimento de implantes e instrumentais cirúrgicos para os setores de ortopedia, neurologia e bucomaxilofacial.

O laboratório, que será inaugurado amanhã (21/6/2013), às 15h, prestará serviços que darão maior confiabilidade aos implantes, mais valor agregado ao produto e melhoria da qualidade de vida dos usuários. A unidade também vai contribuir para o desenvolvimento de novos materiais, auxiliando o setor a fabricar produtos mais competitivos.

Os principais serviços que serão prestados são:
  • Ensaios laboratoriais, físicos e químicos em matérias-primas utilizadas na fabricação de implantes, conforme a legislação vigente;
  • Ensaios laboratoriais, ensaios físicos, químicos e mecânicos em implantes finalizados, conforme a legislação vigente;
  • Suporte à tecnologia necessária para a competição das empresas nos mercados interno e externo;
  • Desenvolvimento de novos materiais.


terça-feira, 18 de junho de 2013

Cursos técnicos: Rio Grande do Sul abre inscrições para o 2º semestre

Estão abertas as inscrições para 781 vagas distribuídas por cursos técnicos pagos do Senai do Rio Grande do Sul, que serão ministrados a partir do próximo semestre.

Com oportunidades nas áreas de informática, mecânica, eletroeletrônica, automação industrial, mecatrônica, entre outras, os cursos do Senai-RS têm a preferência de 93,7% das indústrias na hora de contratar, conforme pesquisa divulgada este ano.

A mesma pesquisa mostrou que um ano após um ano após terminarem seus cursos técnicos 89,21% dos alunos do Senai-RS estão no mercado de trabalho, conforme levantamento feito pela instituição entre 1,5 mil concluintes e egressos de 2010, entre 2011 e 2012.

Conheça as cidades e os cursos oferecidos

Porto Alegre
Informática, Refrigeração e Climatização, Eletroeletrônica e Mecânica: 51 3326-4500 − visconde@senairs.org.br
Manutenção Automotiva: 51 3367-4887 − automotivo@senairs.org.br

São Leopoldo
Mecânica, Automação Industrial e Segurança do Trabalho: 51 3579-5900 − cetemp@senairs.org.br

Gravataí
Eletrônica, Mecânica e Mecatrônica: 51 3484-8600 − damasceno@senairs.org.br

Bento Gonçalves
Mecânica: (51) 3451-4166 − cetemo@italnet.com.br

Caxias do Sul
Mecatrônica: 54 3212-2233 − mecatrônica@senairs.org.br
Manutenção Automotiva: 51 3212-2233 − autotrônica@senairs.org.br
Eletrônica: 54 3228-4388 − nilo.pecanha@senairs.org.br
Mecânica: (54) 3224-1566 − jose.gazola@senairs.org.br

Santa Cruz do Sul
Mecatrônica: 51 3711-2472


Cursos profissionalizantes: Senai-DF tem vagas em Taguatinga

O Senai do Distrito Federal está com as inscrições abertas, em sua unidade de Taguatinga, para os seguintes cursos pagos:



Mais informações via senai.taguatinga@sistemafibra.org.br ou 61 3353-8715/8716/8718


terça-feira, 11 de junho de 2013

Cursos superiores gratuitos: USP e Veduca lançam programas on-line nesta quarta

A Universidade de São Paulo (USP) e o portal Veduca lançam nesta quarta (12/6/2013) os primeiros cursos abertos, gratuitos e para grandes públicos (Mooc, na sigla em inglês). As aulas de física mecânica e probabilidade estatística serão ministradas por docentes da universidade e veiculadas pela plataforma virtual. 

Os Moocs ganharam fama desde que instituições como Harvard, Stanford e MIT começaram a oferecer a modalidade em portais com centenas de milhares de acesso por mês, como EDX e Coursera. Os brasileiros estão entre os principais estrangeiros frequentadores destas plataformas.

A Unicamp lançou este ano um portal com aulas avulsas em vídeos, imagens ou animações, mas os Moocs são cursos completos com atenção dos professores para os alunos que acompanham o programa. Os professores Vanderlei Salvador Bagnato, coordenador da Agência USP de Inovação e responsável pela disciplina de física, e Melvin Cynbalista e André Leme Fleury, de estatística, serão os primeiros a se dedicar a função.


O programa dará certificado de conclusão após prova presencial na USP. 

Fonte Último Segundo

Indústria criativa: jovens cineastas podem ganhar 10 mil reais

O Sesi Cultural-RJ está com as inscrições abertas para a sexta edição do Curta Criativo, concurso de curtas-metragens lançado para abrir espaço a a novos talentos da indústria criativa.

As inscrições devem ser feias – via www.firjan.org.br/curtacriativo – até 20 de setembro. Podem participar estudantes e recém-formados em cinema, comunicação, design, belas artes e produção cultural, além de alunos de cursos livres e técnicos de cinema do Estado do Rio de Janeiro.


O tema é livre e os filmes que dever ter, no máximo, cinco minutos, incluindo os créditos, nas categorias animação, ficção e documentário.

Os primeiros e segundos lugares receberão R$ 10 mil e R$ 8 mil, respectivamente, em cada categoria. O concurso Curta Criativo conta também com o apoio da Diler e Associados, Labocine, PontoCine Guada lupe, SICAV e LC Barreto, que darão prêmios, como estágios e exibição dos filmes em sessões especiais.


Fonte Sistema Firjan


Cursos gratuitos: 17 cidades de Santa Catarina têm 1,5 mil vagas em programas de aprendizagem

O Senai de Santa Catarina está com as inscrições abertas para 1,5 mil vagas em cursos gratuitos de aprendizagem industrial, oferecidos em 17 cidades. Podem participar jovens e adolescentes de 14 a 24 anos (incompletos).

Além da inserção no mercado de trabalho, a aprendizagem proporciona, na opinião do diretor regional da organização, Sérgio Roberto Arruda, "o primeiro contato com um ensino aprofundado de base tecnológica". É o início de uma carreira de Educação continuada e que pode evoluir para a formação técnica e para os cursos superiores de tecnologia.

Cursos de aprendizagem são passos iniciais para a carreira tecnológica (Foto Divulgação)
Diante da crescente demanda por profissionais capacitados, os cursos de aprendizagem permitem às empresas antecipar a captação de talentos. "Esses jovens estão iniciando sua vida profissional e têm pela frente uma longa e promissora carreira", afirma Arruda. Para ele, os cursos extrapolam a formação tecnológica e vão para as capacidades e competências sociais. "Os estudantes aprendem, por exemplo, a trabalhar em grupo, as especificidades do setor industrial e incorporam características que a indústria precisa".

Clique aqui para saber mais, ou ligue 0800 481212.

Fonte Portal Sistema Fiesc


Design de moda: especialistas divulgam novas tendências e comportamentos para o Verão 2014

As principais tendências para o mercado de moda brasileiro no verão de 2014 – cores, tecidos, estampas, materiais e detalhes – acabam de ser apresentadas pelas pesquisadoras Carol Fernandes e Milena Cariello, em durante a programação do Sesi Zoom Cultural no Paraná Business Collection (6/6/2013).

(Foto Gelson Bampi)
As pesquisadoras explicaram de que forma é desenvolvida a pesquisa de monitoramento e a análise de macrotendências. Mostraram também como é analisado o comportamento social e o que acontece no mundo, não apenas na moda, mas nas áreas da política, economia e cultural, e como essa análise influencia na tendência. Ressaltaram ainda a importância do monitoramento dos desfiles, para compreender de que maneira as tendências chegam às vitrines e às ruas.

Em viagens internacionais, Carol e Milena analisam as próximas tendências para o Brasil. A primeira etapa é a pesquisa da cor. “Quando identificamos a primeira linguagem visual, conseguimos processar as cores, pois é muito importante essa seleção das principais cores já confirmadas para o verão. Como o tonzinho saudável do rosa blush, que vem com muita força para o verão”, afirma Milena.

Como destacaram as especialistas, as cores para o próximo verão são rosa (blush); amarelo; azul claro (pool); laranja (orange), que foi eleita a cor do ano; vermelho (indicada como o novo “pretinho básico”); floresta (verde) e azul arará. Para o inverno, apontaram as cores off-white (branco envelhecido); pink lady; creme brulée; amarelo intenso; azul profundo; cinza; vinho; vermelho e a cor do ano, o laranja.

As novas tendências em estamparias serão geométricos P&B (preto e branco); florais tropicais; étnicas; natureza multicolorida; florais decorativos (com fundos de cores variadas) e a animal (felinos). Os materiais utilizados: renda (em toda peça ou em detalhes); telas; adamascados; tweeds e muito brilho.

O que estará em alta: listrados, bonés, tênis, lateral em destaque, micro casaquetos, blaser anos 80, top lingerie, body, saias curtas. Shorts boxe e em alfaiataria, nova conot (calça cenoura) e a proposta em pequenas transparências e tecidos com estampa de coração.

Fonte Agência Fiep


quarta-feira, 5 de junho de 2013

Jovem Cientista: água é o tema da edição 2013 do prêmio

Água: desafios da sociedade. Este é o tema da nova edição do Prêmio Jovem Cientista 2013. Podem participar estudantes do ensino médio, ensino superior, mestres e doutores, que devem inscrever seus trabalhos até 30 de agosto.

Para esta 26ª edição, a equipe do Prêmio propõe a utilização de um kit pedagógico direcionado aos professores do ensino médio que desejarem discutir o tema com seus alunos. O kit contém um Caderno do Professor, com ilustrações e exemplos relacionados às linhas de pesquisa sugeridas, outro com seis Planos de Aula e 12 Fichas de Atividades, tudo voltado para proporcionar ideias de projetos de pesquisa aos estudantes. O kit é distribuído gratuitamente às escolas e aos professores interessados, e está disponível para download no site www.jovemcientista.cnpq.br.

O kit é distribuído gratuitamente às escolas e aos professores interessados, mas também pode ser baixado via www.jovemcientista.cnpq.br 

A novidade deste ano é a Oficina de Projetos Científicos, para estudantes do ensino médio, que já estão ocorrendo em diversas capitais. Cada escola participante pode indicar entre cinco e dez estudantes e um professor. As oficinas ocorrerão em maio e junho e as chamadas dos inscritos serão efetuadas pelo Facebook.

Linhas de pesquisa
Propostas contempladas na categoria ensino médio: Gestão de bacias hidrográficas; Tratamento e reuso da água; Água e saúde pública; Uso da água para geração de energia e; Tecnologias para dessalinização da água:

Categorias ensino superior, mestres e doutores: Gestão inovadora dos recursos hídricos aplicada ao uso do solo e à gestão ambiental; Tecnologias inovadoras para despoluição de bacias hidrográficas e sua integração com as dos sistemas estuários e zonas costeiras; Ecotecnologias no tratamento de águas residuárias, industriais e urbanas, esgotos domésticos, águas pluviais e despoluição e; Uso racional e eficiente da água: gerenciamento, aproveitamento e reuso.

Ainda na categoria ensino superior, mestres e doutores, serão recebidas propostas com temas sobre utilização de tecnologias de sensoriamento remoto na avaliação dos recursos hídricos, uso da água e da energia e aplicação de tecnologias inovadoras que promovam sua sustentabilidade, contaminantes emergentes (disruptores endócrinos, fármacos, resíduos orgânicos): detecção e remoção em sistemas de abastecimento de água, uso de membranas no tratamento da água, causas e conseqüências das florações de cianobactérias em mananciais de abastecimento de água, gerenciamento da água no meio urbano: novas tecnologias para minimizar alagamentos e eventos hidrológicos extremos e sistemas de alerta e Impactos das mudanças climáticas nos recursos hídricos.

Premiações
  • Mestres e Doutores: R$ 30 mil (1º lugar); R$ 20 mil (2º) e R$ 15 mil (3º);
  • Estudantes de graduação: R$ 15 mil (1º lugar), R$ 12 mil (2º) e R$ 10 mil (3º);
  • Estudantes do ensino médio: laptops para os 1º, 2º e 3º lugares;
  • Mérito Institucional: R$ 35 mil para cada uma das duas instituições contempladas com a premiação;
  • Mérito Científico: R$ 20 mil;
  • Os premiados ganham ainda bolsas de estudo desde a iniciação científica até o pós-doutorado 


Fonte Portal Brasil

Design e tecnologia: novidade no país, escâner mede corpo do brasileiro

Para gerar tabelas de medida padrão no setor têxtil, o Senai-Cetiqt está realizando em vários estados estudo antropométrico inédito no Brasil. Com a ajuda de um aparelho chamado 3D Body Scaner, já utilizado pelas indústrias americanas e europeias, a organização busca levantar a medida de 10 mil brasileiros e obter padrões regionais e nacionais até 2014.

Durante a XI Fipa, feira promovida pelo Sistema Fiepa na última semana de maio (2013), os visitantes poderam participar da pesquisa e levar para casa o resultado das suas próprias medidas obtidas por meio das 32 câmeras e 16 sensores instalados na cabine do Body Scaner.

A proposta da pesquisa é criar um modelo de referência regional para a modelagem de roupas brasileiras. O escâner de corpo passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Pará. A próxima parada será no Amazonas.

(Foto Divulgação)

O voluntário do projeto, que deve ter entre 18 e 65 anos, responde a questionário sobre hábitos de consumo. Usando uma vestimenta especial, feita de malha e poliéster, o voluntário se posiciona na cabine, onde, por incidência de luzes brancas, por 60 segundos, são mapeadas 100 medidas de seu corpo.

As informações são enviadas a um computador, que cria uma imagem tridimensional. O voluntário ainda tem 21 medidas colhidas com uso de fita métrica por um técnico. Os dados resultarão em tabelas com medidas padrão nacionais e regionais para homens e mulheres.

Fonte Senai-PA



Semana do Meio Ambiente: data abre espaço para debate sobre Rio+20 e Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis

As comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente começaram nesta segunda (3/6/2013), em cerimônia de abertura com a ministra do Meio Ambiente (MMA), Izabella Teixeira, no Rio de Janeiro. A programação se desenvolverá ao longo da semana também em outras cidades.

De acordo com a ministra, as atividades durante a Semana são oportunidades para que especialistas e sociedade civil possam debater o Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS), que tem como proposta assegurar vida plena e digna para todos. O Plano visa ainda relembrar os compromissos assumidos pelo Brasil e outros países, em 2012, na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).


“A expectativa é poder detalhar melhor, discutir mais o PPCS e criar alternativas para avançar, a fim de alcançar o objetivo final que é o de entregar medidas institucionais, processos de capacitação, decisões e acordos setoriais que visem à sustentabilidade”, destaca a secretaria de Articulação Institucional e Cidadania do MMA, Mariana Meirelles.

Outros eventos em comemoração à data ocorrerão em Brasília. Na quinta (6/6/2013), às 9h30, o MMA vai promover, juntamente com a Câmara dos Deputados, o seminário sobre os Desafios para a Implementação da Lei dos Resíduos Sólidos, no Anexo II da Câmara (confira a programação completa aqui). A ocasião marca a mobilização em torno da IV Conferência Nacional do Meio Ambiente (CNMA), que será realizada de 24 a 27 de outubro, em Brasília.

O evento também serve como etapa preparatória para a conferência virtual, entre 26 de agosto e 10 de setembro. Essa atividade discutirá os quatro eixos temáticos da conferência: Produção e Consumo Sustentáveis; Redução dos Impactos Ambientais; Geração de Trabalho, Emprego e Renda; e Educação Ambiental.

O MMA também comemora o Dia da Educação Ambiental, 3 de junho, com duas programações. O Departamento de Educação Ambiental, com o apoio do Governo do Distrito Federal, prepara uma Sala Verde Especial nos jardins em frente ao edifício sede do órgão, localizado na Esplanada dos Ministérios. A sala, com materiais e vídeos educativos socioambientais, será aberta ao público até 7 de junho.


Inovação e pesquisa: órgãos da indústria negociam parcerias com universidades maranhenses

Nas últimas semanas de semanas (5/2013), o diretor regional do Senai do Maranhão e superintendente do IEL-MA, Marco Antonio Moura da Silva, e os reitores da universidades Estadual do Maranhão (Uema), José Augusto Silva Oliveira, e Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado, estiveram reunidos em busca de parcerias entre a indústria e as duas academias.

Na Uema, foi negociada a formação da terceira turma da especialização em Planejamento e Implementação de Redes LAN e WAN, curso desenvolvido há três anos pelo Senai-MA, em parceria com a universidade. Na pauta com a UFMA, além da atuação do IEL na interlocução indústria/academia, a realização de eventos técnicos. “Serão seminários, workshops, palestras promovidas pelo Senai voltados a profissionais nas áreas de inovação e tecnologia”, explica Moura da Silva.

O diretor do Senai-MA também colocou à disposição das duas universidades o Centro de Demonstração de Energias Renováveis, instalado no Centro de Educação Profissional e Tecnológica do Senai, no Tibiri, às margens da BR-135. A ideia é que a instalação seja usada como laboratório para pesquisas no campo das energias solar e eólica.

Fonte Sistema Fiema