terça-feira, 23 de abril de 2013

Qualificação profissional: jovens de oito municípios paulista ganham mais de 60 cursos


Município localizado a 370 quilômetros de São Paulo, capital, Ourinhos acaba de ganhar um novo centro de treinamento do Senai-SP. Com 2.500 metros quadrados, a unidade de ensino profissionalizante e tecnológico é composta por oficinas e laboratórios, nos quais serão ministrados mais de 60 cursos. As áreas são: automação, eletroeletrônica, vestuário, segurança no trabalho, tecnologia de informação e outras. 

O centro de Ourinhos também vai beneficiar indústrias e comunidades de oito municípios da região: Canitar, Chavantes, Salto Grande, Ribeirão do Sul, Pirajú, Ibirarema, Campos Novos Paulistas e Palmital (Foto Everton Amaro/Sistema Fiesp)

De acordo com a Associação das Indústrias de Ourinho e Região (Aior), se sobressaem economicamente os setores de açúcar e álcool, óleo de soja, ovos, leite, destilado de cana e café. Dois distritos industriais abrigam empresas já consolidadas e em fase de implantação. Para a associação, a localização estratégica e a malha rodoferroviária são favoráveis tanto para quem produz como para quem distribui riquezas. “Essa logística faz de Ourinhos o autêntico Portal do Mercosul, oferecendo vantagens naturais aos potenciais investidores”, destaca a Aior.

O Senai de Ourinhos está preparado para recebe cerca de 1.350 alunos e, segundo estimativa da organização, aproximadamente 85% dos alunos egressos estão empregados. Números comemorados pela prefeita da cidade, Belkis Fernandes, que destacou a importância dos investimentos realizados na área da Educação pelo Sesi-SP e pelo Senai-SP para o desenvolvimento social e econômico das cidades do interior. Skaf destacou ainda que “milhares de alunos passam por estas escolas e têm mais oportunidade na vida, conseguem melhores empregos, melhores salários, têm mais autoestima”.

Como a aluna do curso de eletromecânica, Nathália Ramos Marques. Atenta ao mercado de trabalho, Nathália aposta que o curso do Senai-SP será um diferencial no seu currículo na hora de buscar o seu primeiro emprego: “Aqui eu aprendi coisas que nunca imaginei. Essa área vai me abrir vários parâmetros para escolher o que eu vou fazer do meu futuro.”

Para Ingrid Fernanda de Souza Bezerra, colega de curso de Nathália, a principal lição que levará do Senai para a sua vida é a importância do companheirismo e do trabalho em equipe: “A gente aprende aqui que você depende muito do seu parceiro para concluir o trabalho, não é uma coisa individual. Quando você aprende a trabalhar em equipe e ser companheira, você cresce muito mais”.

Fonte Sistema Fiesp


Nenhum comentário:

Postar um comentário