quarta-feira, 6 de março de 2013

Design e inovação: projeto lança produtos em couro sustentável


A criação de uma linha de produtos em couro sustentável e socialmente responsável é um dos resultados de projeto apoiado pelo Edital Senai Sesi de Inovação 2011, e que foi apresentada no final de fevereiro (22 e 23/2/2013), na cidade de Ipirá, interior da Bahia.

As bolsas ecológicas foram criadas graças ao uso de insumos verdes (Foto Valter Pontes/Coperphoto/Sistema Fieb)

Trata-se da linha Dominus Eco, desenvolvida por especialistas do Sesi e do Senai, em parceria com a empresa Dominus, por meio do Projeto Design Inovador. Durante o lançamento, foram apresentados modelos das peças, além de apresentação e discussão de cases dos fornecedores e da própria Dominus, com mediação e depoimentos dos técnicos Fábio Aguiar, do Sesi, e Phaedra Brasil, do Senai.

As atividades do projeto foram essenciais para agregar valores à cadeia produtiva do couro, mobilizando seus principais elos. Em ações de capacitação corporativa, estes fornecedores receberam treinamentos em responsabilidade social e sustentabilidade para adoção de boas práticas e de processos de produção mais limpa (P+L).

A iniciativa é pioneira na Bahia e vem suprir uma lacuna no mercado brasileiro, cujo setor coureiro ainda pratica antigos processos produtivos, como o uso de matérias primas poluentes, incluindo metais pesados e outras substâncias tóxicas nos processos de curtimento e tingimento do couro. 

As bolsas ecológicas foram criadas mediante articulação de três principais insumos verdes: o adesivo à base de água, em substituição aos adesivos tradicionais à base de solvente; o algodão orgânico natural e colorido, que já nasce tonalizado, dispensando processos de tingimento por corantes químicos; e o couro bioleather, livre de cromo, sais de prata, fungicidas e outras substâncias altamente poluentes e nocivas à saúde humana e animal, comumente utilizadas nos curtumes para obter a maciez e a tonalidade desejadas, sem prejuízo à beleza e durabilidade das peças.

Estes produtos chegam ao mercado observando também os princípios da ergonomia aplicada diretamente aos postos de trabalho, além dos conceitos do design estratégico, dentro das tendências do outono-inverno 2013 e a preços competitivos – representando uma ruptura na crença de que produtos sustentáveis custam mais e que, por isso, são direcionados apenas a clientes de maior poder aquisitivo.


2 comentários:

  1. Como faço para conseguir comprar esse couro sustentável? Onde consigo? Gostaria de conhecer essa matéria prima!

    Obrigada!
    Anna CArolina Almeida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Ana Carolina,
      Você deve entrar em contato com o gestor do projeto Dominus Eco, no Senai da Bahia:

      Waldemar Rodrigues de Araújo Filho: 71 3310-9856, ou waldemarf@fieb.prg.br

      Abraço,

      Roberto Almeida

      Excluir