quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Tecnologia na escola: games on-line vão facilitar aprendizagem da matemática


Com a proposta de melhorar o desempenho dos estudantes do ensino médio do Rio de Janeiro, o Sistema Firjan está promovendo o programa Sesi Matemática, com investimento inicial de R$ 10 milhões. Participarão jovens das redes de Educação do Sesi e do Senai e da rede pública de ensino do estado, ou professores e estudantes de qualquer escola do país.

Com kit pedagógico que inclui games on-line, os alunos do Colégio Estadual
Compositor Luiz Carlos da Vila, em Manguinhos, na capital fluminense,
já conta com a primeira Sala Sesi Matemática do país (Foto Antonio Batalha)

O objetivo final é formar adultos mais críticos e com o raciocínio lógico bem desenvolvido, o que terá impacto direto na formação de profissionais bem qualificados, prontos para atuarem no mercado de trabalho cada vez mais competitivo. São parceiros do programa o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, a Mangahigh, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Rio de Janeiro.
  
O programa, que vai inaugurar a Casa Sesi Matemática em 2014, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, utiliza diversas tecnologias para quebrar a resistência dos alunos ao aprendizado da disciplina.

Pesquisa realizada em 2011 pelo Sistema Firjan com mais de 600 empresas de todo o país, revela que a falta de competência matemática e de raciocínio lógico são deficiências apresentadas pelos trabalhadores atuais, o que resulta na falta de profissionais qualificados para atuar nas empresas, principalmente nas áreas ligadas às ciências exatas. A matemática é também a base para inovação, fundamental para o desenvolvimento econômico e social de um país.

“Nossas empresas sofrem com a falta de profissionais qualificados. Em um mundo onde as companhias precisam ser competitivas para brigar globalmente por mercados, não podemos nos dar ao luxo de ficar para trás por falta de gente bem preparada”, destaca o presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.

O desempenho dos brasileiros na disciplina de matemática é um problema nacional. São estudos e avaliações que comprovam o fato, como é caso do Pisa, que avalia o desempenho escolar em matemática, leitura e ciências.

No último exame, em 2009, o Brasil ocupa a 53ª posição no ranking mundial de desempenho da matemática. Em relação aos países da América Latina, o Brasil também apresenta defasagem no desempenho da disciplina.

Já o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de 2011, apurado com a Prova Brasil/Saeb em português e matemática, aponta que o Estado do Rio ocupa a oitava posição no ranking nacional do Ensino Médio, com média de 3,7.

Clique aqui para saber mais sobre o Sesi Matemática


Nenhum comentário:

Postar um comentário