quarta-feira, 5 de setembro de 2012


Não ao desperdício: trabalhadores de companhias de águas e saneamento aprendem como evitar perdas de água em curso do Senai


Agora é a vez de um grupo de 200 funcionários da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), de 111 municípios do estado, aprender medidas que podem ser adotadas para evitar perdas de água em redes de abastecimento. O curso é realizada a distância, pelo Senai de Santa Catarina, que venceu um edital de licitação.

Esse programa já treinou 504 pessoas de companhias de abastecimento de água de todo o país, em programas em parcerias com entidades como a Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (Assemae).

O coordenador do núcleo Ambiental do Senai de Blumenau, Rodrigo de Bortoli, explica que a média nacional de perda de água tratada é de aproximadamente 30%. "As principais razões estão relacionadas a perdas por vazamento, leitura inadequada de medidores de vazão e transbordo em reservatórios. E em um momento em que se teme tanto a escassez de água, essa questão passa a ter importância tanto econômica quanto ambiental".

Na pauta do curso as principais causas das perdas encontradas nesses sistemas, relacionando-as às medidas de controle necessárias para combatê-las. Na metodologia de ensino a distância desenvolvida pelo Senai os alunos estudam em ambiente virtual de aprendizagem e contam com o acompanhamento de um docente especialista na área e material didático digital. No decorrer do curso, os alunos realizam exercícios de aprendizagem, participaram de chats e tiram dúvidas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário