sexta-feira, 29 de junho de 2012

Competitividade: MIT vai apoiar o desenvolvimento da inovação na indústria brasileira

Depois da parceria fechada com os alemães da Sociedade Fraunhofer, agora o Senai terá acesso à expertise dos especialistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) na operação dos 23 institutos de inovação que vai instalar até 2014. A instituição norte-americana, considerada uma das melhores do mundo em tecnologia, dará apoio com intercâmbio, seminários e pesquisas conjuntas na elaboração dos projetos de instalação das unidades.

O Senai atuará como ponte na colaboração do MIT com a indústria nacional. Para tanto, docentes e técnicos brasileiros serão qualificados e criadas soluções. “Esta é uma parceria muito importante, porque o MIT tem atuação muito forte no desenvolvimento de tecnologias para empresas. Contaremos com a sua experiência para montar e qualificar os nossos projetos”, ressalta o diretor de Tecnologia e Educação da CNI e diretor-geral do Senai Nacional, Rafael Lucchesi.

O investimento na parceria será de US$ 180 mil anuais, recursos utilizados, inclusive, no intercâmbio de profissionais. “Com essa aproximação, no futuro teremos um ambiente favorável para trabalhos conjuntos entre a nossa equipe e o MIT”, destacou Lucchesi.

Os 23 institutos de inovação atuarão em pesquisa aplicada com base nas necessidades da indústria em oito áreas estratégicas: produção, materiais e componentes, engenharia de superfícies, microeletrônica, tecnologia da comunicação e da informação, tecnologia da construção, energia e defesa.

Essas novas unidades fazem parte de programa do Senai de apoio à competitividade industrial. O objetivo é aumentar o número de profissionais qualificados, de serviços técnicos e tecnológicos e de pesquisas em inovação. Estão à disposição do programa R$ 1,9 bilhão, que também servirão para a instalação de 38 institutos de tecnologia e de 53 centros de formação profissional (CFP) e aquisição de 81 unidades móveis. Estas vão preparar profissionais para a indústria em localidades aonde ainda não existem CEPs .

O Senai é a maior rede privada de Educação profissional e tecnológica e serviços tecnológicos da América Latina, com 809 unidades em todo o país. No ano passado, contabilizou 2,58 milhões de matriculas.


Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir