sexta-feira, 2 de março de 2012

Mercado de trabalho: Pessoas com deficiência ganham mais oportunidades no Ceará

Analisar situações-problema que poderão surgir no ambiente de capacitação e do mercado de trabalho será uma das ações que o Grupo de Apoio Local (GAL) do Ceará vai desenvolver neste ano em prol dos deficientes físicos. O resultado será a inserção de mais pessoas com necessidades educacionais especiais em cursos de qualificação profissional do Senai e, consequentemente, no mercado de trabalho.


O planejamento e acompanhamento das ações do GAL-CE foram alinhavadas em recente reunião com representantes de organizações, instituições, associações e órgãos governamentais, graças ao Programa Senai de Ações Inclusivas (Psai).


"É necessário buscar alternativas para essas pessoas da sociedade, pois ainda continuam esquecidas", destacou a gestora nacional do Psai, Loni Elisete Manica. O Psai também amplia o acesso aos cursos da organização às mulheres, negros e índios e à requalificação profissional de idosos. Esse público, por algum motivo sociocultural, econômico ou por preconceito, anda está à margem das oportunidades de educação profissional e de geração de renda.


Outras ações do GAL-CE serão a indicação de pessoas aos cursos do Senai, divulgação de possíveis ações que serão realizadas na comunidade e outras. As contribuições do grupo serão analisadas pelos representantes do Senai-CE, do centro de educação e do Senai Nacional. 


O GAL promoverá reuniões para debater resultados e demandas do projeto. Uma das grande dificuldades encontradas para a inserção de deficientes em cursos profissionalizantes é a baixa escolaridade formal dessas pessoas, principalmente porque as escolas públicas não possuem adaptação física eficiente nem professores habilitados. "O trabalho vai começar a ter lógica quando os Grupos de Apoio estaduais – que já somam 18 – estiverem em pleno funcionamento. Assim, poderão atuar em rede e facilitar o acesso de todos aos ambientes educacionais", assegura Loni Manica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário