quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Mais qualidade com menos custo: Senai-SC ajuda empresas a eliminar o retrabalho e focar no fluxo de valor

Diversas empresa e instituições estão descobrindo como reduzir o tempo gasto em atividades administrativas, aumentar a qualidade do trabalho realizado e diminuir custos. A consultoria em Lean Office realizada pelo Senai de Santa Catarina está levando para os escritórios princípios que vieram do lean manufacturing (produção enxuta) e que na última década foram devidamente adaptados ao ambiente corporativo.

Entre alguns clientes atendidos pela consultoria estão a Mormaii (JR Ademver), Olsen e as Federações das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e de Goiás (Fieg). Nesta, um exemplo é o processo de manutenção de computadores, cujo prazo foi reduzido pela metade. "Também conseguimos passar de 54 para 36 o tempo de contratação de um novo profissional só por identificar pontos de retrabalho e corrigi-los", conta o gerente de tecnologia da informação e coordenador da qualidade, Dario Queija de Siqueira.

Segundo o consultor do Senai de Florianópolis Carlos Martins, por meio da análise do fluxo de valor as empresas podem identificar que processos administrativos de fato são importantes aos clientes, interno ou externo, e quais representam desperdício de tempo e recursos. "Há apontamentos que mostram que 20% das atividades de escritório representam 80% do tempo gasto com atraso. Por isso é preciso analisar o que pode ser feito para um serviço fluir sem interrupção", explica o consultor. Para reduzir prazos e evitar retrabalhos, também são adotados padrões de entrega e monitoramento de processos em andamento, entre outras ações.



Nenhum comentário:

Postar um comentário