segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Design por computador: Senai-MS leva novas tecnologias a pólo de vestuário do estado

A unidade móvel de vestuário do Senai de Mato Grosso do Sul está percorrendo as pequenas indústrias do Arranjo Produtivo Local (APL) Nova Costura, com tecnologia CAD (Design Assistido por Computador).

Estão sendo atendidas oito cidades da região sul do estado, com diversos serviços realizados com tecnologia de ponta para atender demandas das indústrias. “Serão feitas correções de modelagens, digitalização e graduação de moldes, encaixe computadorizado do risco para corte e plotagem do risco”, detalhou a supervisora técnica do vestuário do Senai de Dourados, Tatiane Forti.

A unidade também prestará consultorias e capacitações para utilização do software, modelagem com o sistema CAD, oficina de design e capacitação em implantação de programa de qualidade e produtividade (Foto Divulgação)

Para Marlene Izzo, proprietária da Izzo Jeans, em Novo Horizonte do Sul, a unidade móvel do vestuário é essencial. “O trabalho da minha indústria é desenvolver coleções para outras empresas. Por isso, fazemos cortes novos toda semana. A unidade móvel vai nos ajudar a melhorar muito o rendimento com o apoio dessa tecnologia”, disse.

A presidente do Sindicato das Indústrias do APL Nova Costura e proprietária da indústria Frisson, de Anaurilândia, Josefa Aparecida de Araújo Paris, a nova tecnologia implica em redução de custos. “Poderemos adiantar o trabalho diário durante alguns dias. Além disso, os funcionários que trabalham com os moldes e recortes poderão intensificar outras etapas do processo”, disse.

O Senai também vai treinar e implantar a tecnologia com acompanhamento na execução do projeto para empresas que ainda fazem manualmente seus moldes, encaixes, riscos e cortes. Também serão oferecidos os cursos de capacitação técnica e gerencial da equipe executora do projeto, dos empreendedores e de qualificação em informática.

O processo de transferência de tecnologia abrangerá consultorias e capacitações para utilização do software, modelagem com o sistema CAD, oficina de design e capacitação em implantação de programa de qualidade e produtividade. Cada curso terá 12 vagas.

A unidade móvel é produto do convênio de cooperação técnica e financeira entre o Sistema Fiems, Sebrae-MS e Finep.




Nenhum comentário:

Postar um comentário