sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Vitrine de talentos: Senai projeta para este ano maior Olimpíada do Conhecimento de todos os tempos

Mais que uma etapa seletiva para o WorldSkills Competition, a Olimpíada do Conhecimento do Senai é parte de um processo educacional que forma profissionais altamente qualificados e uma referência, em termos de competição, para o continente americano. Criada em 2001 para substituir os torneios nacionais, a disputa chega, em 2012, à sua sétima edição. A expectativa para a Olimpíada do Conhecimento de São Paulo é reunir cerca de 650 competidores, jovens alunos do Senai e do Senac, em 48 ocupações industriais, comerciais e de serviços.

Promovido a cada dois anos pares em parceria com empresas e organizações públicas e privadas, o evento ganhou ares internacionais desde a sua última edição, em 2010, no Rio de Janeiro, quando incorporou o WorldSkills Americas. As duas competições ocorridas simultaneamente nos cinco pavilhões do Rio Centro reuniram 612 competidores – de todas as unidades federativas e de 12 países – e mais de 146 mil visitantes. Foram disputadas medalhas em 46 profissões.


O objetivo para 2012 é superar essas marcas e promover um evento ainda mais abrangente. “Pretendemos, nesta sétima edição, incluir novas ocupações na disputa, como sistemas construtivos em draywall, impressão offset, lanternagem e pintura de automóveis, ciências do meio ambiente e energias sustentadas”, adianta o gerente de Olimpíadas e Concursos do Senai Nacional, José Luís Gonçalves Leitão. A previsão é que mais de 300 mil pessoas visitem os estandes e vejam as provas. Essa é, inclusive, uma excelente vitrine para que empresários e executivos conheçam e contratem profissionais qualificados de acordo com as exigências do mercado de trabalho.

Antes de chegar à etapa nacional da Olimpíada do Conhecimento, no entanto, os alunos do Senai e do Senac passam por disputas interescolares e estaduais. Os vencedores de suas ocupações têm a chance de concorrer ao título de melhor jovem profissional de sua área no país e ainda de entrar na briga pela oportunidade de representar o Brasil no WorldSkills. Os dois primeiros colocados nessa fase nacional ainda passam por um período de forte treinamento e por uma bateria de seletivas para confirmar quem realizará esse sonho. 

Olimpíada no Rio Grande do Norte
Unidade do Senai localizada em Natal, o Centro de Educação e Tecnologias Clóvis Motta realizou no início dessa semana (9 a 13/1) a última fase do ciclo de simulados das provas de educação profissional e tecnológica antes da etapa estadual de seleção para a Olimpíada do Conhecimento. As provas da fase estadual da competição promovida pelo Senai deverão ser realizadas de 13 a 17 de fevereiro. A etapa nacional da Olimpíada está prevista para de novembro, em São Paulo.

Participaram do teste cinco alunos da ocupação Designer de Moda, concorrendo apenas a uma vaga. A coordenadora regional da Olimpíada do Conhecimento, Dóris Lisboa, destacou a importância do evento. “É uma forma de avaliar os nossos alunos frente ao mercado de trabalho”.

Principal competição envolvendo jovens alunos das áreas industrial e comércio e serviços das Américas, a Olimpíada do Conhecimento é promovida pelo Senai a cada dois anos pares. O evento é mais uma etapa do processo educacional da organização, pois coloca à prova o conhecimento e habilidades técnicas e pessoais de jovens estudantes, incentiva o desenvolvimento de competências, inclusive a superação de desafios aproximando-os da realidade do mercado de trabalho. Os melhores colocados na fase nacional disputam vagas no WorldSkills, a mais importante competição internacional de educação profissional e tecnológica realizada a cada dois anos ímpares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário