sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Pronatec em Salvador: Senai vai oferece 13 cursos a partir de março

Jovens de 18 até 59 anos de idade vão começar no próximo dia 5 de março a realizar o sonho de entrar para o mercado de trabalho e conquistar uma renda própria graças ao Pronatec. Parceiro do programa do governo federal, o Senai vai formar 22 turmas dos 13 cursos que serão oferecidos em Salvador. Serão 880 vagas para beneficiários de programas de transferência de renda.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) e o Senac também vão realizar as ações de qualificação profissional, que foram apresentadas, na quarta (25/1), pelo secretário municipal do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad), Oscimar Torres, durante coletiva de imprensa. Para a coordenadora do Pronatec no Senai-BA, Rosângela Costa, “a expectativa é grande em contribuir com o programa, que vai gerar renda e qualificar tantas pessoas para o mercado de trabalho, atendendo principalmente demandas da indústria baiana."

Apresentação do Pronatec em Salvador: Oscimar Torres e
representantes das organizações parceiras do programa do
governo federal (Foto João Alvarez/Sistema Fieb)

Inicialmente, os cursos do Senai serão oferecidos em suas unidades de Dendezeiros, na Cidade Baixa, e Cimatec, em Piatã. Outros locais estão sendo identificados em Salvador para que o público-alvo seja contemplado. “Vamos alugar espaços mais próximos da população-perfil e já estamos investindo cerca de R$ 4,5 milhões em contratação de profissionais e novos equipamentos para atender as turmas do Pronatec”, explicou o gerente do Senai Cetind, Alex Santiago.

“O acesso às aulas é fundamental para manter a presença dos alunos nos cursos e evitar a evasão”, assegura a gerente do Senai Cimatec, Greta Moreira. Por isso, está prevista, pelo programa, assistência estudantil para contribuir com as despesas de transporte e lanche. O valor vai depender da quantidade de horas e a frequência dos participantes.

De acordo com a prefeitura da capital baiana, parcerias serão firmadas para divulgar os cursos entre a população e estimular o público-alvo a se matricular: os alunos vão receber assistência em acuidade visual e ter acesso a atendimento odontológico. “Esses apoios serão importantes porque boa parte desta população já deixou a escola há algum tempo e precisa de incentivos para voltar a estudar, além do mais objetivo, que é a possibilidade de incrementar a renda, seja empregado ou como prestador de serviços”, acredita Oscimar Torres.

O titular da Setad garante que todos os alunos do Pronatec em Salvador serão cadastrados no Serviço Municipal de Intermediação de Mão de obra (Simm), facilitando a inserção no mercado de trabalho. Torres afirma que o objetivo da prefeitura é identificar e incluir nos cursos parte dos 147 mil moradores de Salvador que têm renda abaixo de R$ 70, de acordo com dados do IBGE.

Ainda é exigido aos interessados o ensino fundamental incompleto para todas as turmas, e outros graus de escolaridade, a depender da área de conhecimento de cada curso. As pré-matrículas serão realizadas de 1° a 15 de fevereiro, pela Prefeitura de Salvador, nos postos do CRAS, Simm, Casa do Trabalhador e no NAJ da Baixa dos Sapateiros. Os documentos exigidos são RG, CPF, comprovantes de residência e de Escolaridade e Número de Inscrição Social (NIS). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 156, do Serviço Salvador Atende.

Os cursos do Senai são das áreas de mecânica, caldeiraria, refrigeração, eletricidade, manutenção de máquinas industriais, logística, vestuário, construção civil, eletroeletrônica, movimentação e distribuição de cargas e outras. Mais informações: 71 3534-8090.

Nenhum comentário:

Postar um comentário