quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Não à exploração sexual: Projeto ViraVida chega a Minas Gerais

Jovens moradores de Contagem, em Minas Gerais, e em situação de risco social e exploração sexual contarão com uma nova ajuda. Nesta sexta (20/1), às 9h, o Sesi de Minas Gerais e o Senai-MG lançam o ViraVida. As organizações oferecerão gratuitamente cursos profissionalizantes, de educação básica, de noções de autogestão e atendimento psicossocial. Em 2012, a cidade atendida pelo projeto será Contagem, especialmente os bairros Nacional, Ressaca e Petrolândia. O evento de apresentação do projeto será na sede do Sistema Fiemg, em Belo Horizonte, com as presenças dos presidentes do Sistema, Olavo Machado Jr., e do Conselho Nacional do Sesi, Jair Meneguelli, o idealizador do projeto.

No primeiro ano do ViraVida em Minas, serão beneficiados cerca de cem jovens, com idade entre 16 e 21 anos. Uma equipe de psicólogos, assistentes sociais e profissionais de educação está fazendo a seleção dos alunos do projeto. O início das aulas será em março. “A escolha dos cursos depende do perfil dos selecionados e da demanda do mercado de trabalho. Vamos aliar as duas coisas, para dar reais oportunidades de trabalho e de reinserção social para os jovens”, conta a gerente de desenvolvimento social do Sesi-MG, Luciene Araújo.

Criado pelo Conselho do Sesi, o ViraVida promove a elevação da autoestima e da escolaridade de adolescentes e jovens em situação de exploração sexual. A proposta é permitir que desvendem o próprio potencial e conquistem autonomia profissional e inserção social. Os cursos já implantados em 14 estados abrangem as áreas de moda, imagem pessoal, turismo e hospitalidade, gastronomia, comunicação digital, administração e química e apresentam carga horária que varia entre 700 e 950 horas/aula, conforme a modalidade. Até 2011, o projeto teve 1.718 alunos matriculados, 766 alunos em sala de aula, 555 inseridos no mercado de trabalho e 188 participando de processos seletivos para vagas de emprego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário