quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Foco na inovação: Alunos do Senai criam solução para automatizar laboratório de análises

Ao observar a rotina de seus colegas e as demandas da empresa onde trabalha, Jackson Pinheiro, estudante do Senai de Florianópolis, percebeu uma oportunidade de melhoria. Então, ele e outros colegas resolveram criar uma solução que facilitasse o monitoramento de temperatura em laboratórios de análises clínicas e atendesse às normas de qualidade adotadas.

"A medição antes precisava ser feita em cada um dos aparelhos do laboratório. Só que são 76 máquinas, monitoradas todos os dias", explica Pinheiro, que é coordenador no setor de manutenção técnica em uma grande rede de laboratórios. Ele estima que o processo manual de conferência e anotação das temperaturas mínima e máxima leva em torno de 2 horas, e pode ser feito até duas vezes ao dia (no início e fim do expediente).

Pinheiro: sistema evita processo que pode levar até
4 horas de trabalho por dia (Foto arquivo pessoal)


O trabalho foi objeto de um projeto integrador apresentado no curso superior de tecnologia em Automação Industrial do Senai de Florianópolis, no qual Pinheiro está no quinto período. Para consolidar a proposta, os alunos tiveram que lançar mão dos conhecimentos e habilidades adquiridos em diversas disciplinas do curso. A solução possui controladores de temperatura e um software supervisório, os quais automatizam os registros e permitem gerar planilhas e gráficos que facilitem a gestão do processo. O projeto foi apresentado para a diretoria da rede de laboratórios e agora está em estudo de viabilidade.

Segundo Pinheiro, os principais diferenciais da tecnologia desenvolvida são os recursos de alertas (avisa temperaturas fora do padrão), de justificativa para o incidente e de autenticação do usuário. "Como temos uma preocupação com o sistema da qualidade e as normas legais, pensamos em uma forma de registrar o que aconteceu e quem fez a justificativa. Isso é útil durante uma auditoria." A equipe contou ainda com as participações de Helton Do Nascimento e Vinicius Ulbricht Vignes, também alunos do Senai.
Reportagem de Diogo Honorato/Sistema Fiesc

Nenhum comentário:

Postar um comentário