terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Empreendedorismo: Hotel de Projetos Inovadores do Senai de Londrina é aprovado no edital CNPq de apoio a incubadoras

O Hotel de Projetos Inovadores (HPI) do Senai de Londrina foi o único projeto do Paraná contemplado no edital do CNPq de apoio a incubadoras. É também o único projeto do Senai em todo o país aprovado no edital. O HPI receberá R$265 mil para investimento em melhoria de infraestrutura, aquisição de softwares e máquinas.  A Chamada, lançada em agosto de 2011 pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPqMCTI) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), seleciona propostas para apoio financeiro a projetos de melhoria das infraestruturas das incubadoras que prestam serviços a empresas de base tecnológica. As incubadoras deveriam ter no mínimo uma empresa incubada e em funcionamento para apresentarem suas propostas.

O HPI é uma pré-incubadora do Senai do Paraná que incentiva a transformação de ideias de alunos em projetos de sucesso. O HPI dá orientação, cede espaço físico e ajuda na construção de protótipos. No Paraná existem oito hotéis, espalhados em todas as regiões do estado. Em Londrina, o HPI funciona desde 2006. No início, ele dava suporte às ideias e a trabalhos de conclusão de curso de alunos do Senai.

Hoje, a pré-incubadora é aberta a empresas de alunos e ex-alunos. Abriga uma empresa de tecnologia da informação e comunicação, desenvolvida por alunos da organização. As empresas são formadas por no máximo quatros alunos e/ou ex-alunos e podem ficar incubadas por um período de dois anos.

Na avaliação do gerente do Senai de Londrina, Alexandre Lourenço Ferreira, os recursos para o HPI trarão novas oportunidades para a região. “Apoiaremos o fomento e à inovação para a indústria e vamos ampliar o segmento de atuação. Nossa expectativa é dobrar a capacidade de captação de recursos para a região, através de parcerias com indústrias e da participação em editais.”

“Temos muita procura pelas áreas de metalmecânica e automação, que são expertise do Senai de Londrina, mas queremos aumentar a área de atuação do HPI, atendendo também outras áreas”, informa a orientadora pedagógica e coordenadora do HPI, Polyana Smania Salcedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário