terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Cursos pelo Brasil

> Pronatec em Rondônia – Dezena de jovens participam de cursos promovidos pela unidade 2 da Escola Senai de Ji-Paraná, em Rondônia, dentro do Pronatec. O programa expande e democratiza a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de formação inicial e continuada para trabalhadores ministrados em organizações do Sistema S e outras. O Senai-RO vai atender em suas cinco unidades mais oito mil candidatos das 10 mil vagas oferecidas no estado, sendo prioritários inicialmente alunos dos segundo e terceiro ano do ensino médio de escolas públicas, soldados das Forças Armadas e solicitantes de seguro-desemprego. Os cursos terão cerca de 160 horas de duração.

> Gratuitos em calçados e artefatos – O Centro de Tecnologia do Couro e do Calçado (CCTC) do Senai da Paraíba, em Campina Grande, está com as inscrições abertas para sete cursos gratuitos. São vagas para os cursos Desenho de Calçados, Costureiro de Calçados, Cortador de Calçados, Curtidor de Couros, Preparador de Calçados e Confeccionador de Pequenos Artefatos. Os programas serão ministrados pela manhã e à tarde. Podem se inscrever pessoas com idade acima de 16 anos, que estejam cursando no mínimo o ensino fundamental. Informações: 83 3182-5500.

> Técnico em papel e celulose – Profissional que trabalha realizando experimentos, estudos e ensaios sobre matéria-prima e transformações físico-químicas dos materiais destinados à fabricação do papel. O técnico em celulose e papel também estará apto a realizar ensaios e análises químicas de matérias-primas e produtos, além de fazer aplicação e insumos e gerenciar todo o processo de fabricação, desde a análise da composição química da madeira até o controle de qualidade do papel fabricado.

O profissional da área de celulose e papel atua no planejamento, coordenação e supervisão dos processos de obtenção de celulose, produção de papel e controle da qualidade. Pode trabalhar em indústrias de papel e celulose, empresas fornecedoras de matéria-prima, institutos de pesquisa, entre outros. Clique aqui para saber mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário