quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Combate ao trabalho infantil: OIT avalia programa de Mato Grosso como referência mundial

O Programa de Ação me Encontrei, iniciativa que tem o Senai de Mato Grosso como um dos parceiros, está sendo avaliado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) para ser referência mundial voltada à prevenção e combate ao trabalho infantil. Em recente visita a Cuiabá, a diretora-geral do Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil da OIT, Constance Thomas, destacou o pioneirismo e ineditismo da ação.

De acordo com ela, que visitou os 51 adolescentes beneficiados pelo programa no Senai de Cuiabá, é a primeira vez que entidades representativas de empregadores e de trabalhadores se unem de forma articulada para erradicar o trabalho infantil com educação básica, ministrada pelo Sesi-MT e formação profissional. Além disso, os estudantes são remunerados com um salário mínimo mensal que representam o salário-aprendiz e ajuda de custo.

"É muito interessante ver o projeto no início, observar os primeiros passos, dificuldades e decisões tomadas para o sucesso da iniciativa. A idéia é que possamos usar o projeto como modelo para outros estados brasileiros e em outros países", disse Constance Thomas, que também visitou o Senai de Várzea Grande. "Queremos contribuir com a OIT para que esta experiência incentive outras instituições privadas a atuar em prol da erradicação do trabalho infantil", destacou o diretor regional do Senai-MT, Gilberto Figueiredo.

O programa de Ação me Encontrei integra iniciativas de enfrentamento ao trabalho infantil, uma grave violação dos direitos humanos, que no estado atinge mais de 80 mil crianças e adolescentes, com 67% delas no meio urbano, como apontam os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad/2009).

Lançado em outubro deste ano, ele também tem as parcerias do governo do estado, Ministério Público do Trabalho, Senac, Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público do estado, Prefeitura de Cuiabá, Bimetal Indústria e Comércio de Produtos Metalúrgicos, Grupo Amaggi, Construtora São Bendito, Agrimat – Engenharia Indústria e Comércio, Agrimat – Engenharia e Empreendimentos, e Videplast Indústria de Embalagens.

A diretora-geral foi recebida em Cuiabá pelo superintendente do Sistema Fiemt, Ednaldo Silva; a gerente de Educação e Tecnologia do Senai-MT, Lélia Brun; a coordenadora da Unidade de Desenvolvimento em Educação Inicial e Continuada (Uede) do Senai-MT, Silvânia Maria de Hollanda, e pela coordenadora de Educação do Sesi-, Rosa Maria de Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário