quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Alimentos saudáveis: Consultoria do Senai atende indústrias catarinenses

Treze empresas de pequeno e médio porte da região de Criciúma, em Santa Catarina, estão recebendo consultoria tecnológica em boas práticas de fabricação (BPF) para indústrias de alimentos, realizada pelo Senai de Chapecó. O trabalho responda à solicitação da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do estado (Epagri). As empresas participantes recebem subsídio do Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec).

O sistema BPF é formado por um conjunto de princípios e regras para o correto manuseio dos alimentos, de matérias-primas até o produto final, tudo para garantir a saúde e a integridade do consumidor. A consultoria, que começou em setembro, ainda orientada sobre a elaboração de documentação para controle da práticas de fabricação e de procedimentos de higiene operacional.

O trabalho conta também com o apoio da unidade móvel de alimentos do Senai, que tanto pode fazer análises rápidas no próprio local quanto coletar amostras para serem analisadas no laboratório de Alimentos do Senai de Chapecó, que possui a estrutura necessária para análises microbiológicas e físico-químicas mais completas. A consultoria do Senai de Chapecó, Marilúcia Bonassi, explica que as empresas de menor porte têm dificuldade para acompanhar, sozinhas, a grande quantidade de portarias e circulares na área de alimentos. "Daí a importância da consultoria, que leva orientação para as empresas e seus responsáveis técnicos", explica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário