terça-feira, 29 de novembro de 2011

Soluções tecnológicas: Senai-MS fecha acordo com Instituto Nacional de Tecnologia

O Senai de Mato Grosso do Sul e o IEL-MS oficializaram nesta segunda (28/11), em Campo Grande, um acordo de cooperação com o Instituto Nacional de Tecnologia (INT) para a execução de ações, projetos, atividades e programas de extensão tecnológica no estado.

A proposta do termo assinado pelo presidente do Sistema Fiems, Sérgio Longen, e pelo diretor do INT, Domingos Manfredi Naveiro, é ampliar o acesso de empresas a serviços de assistência tecnológica que forneçam soluções para gargalos nos processos produtivos e o desenvolvimento e apoio tecnológico em temas e projetos de comum interesse das instituições.

Segundo Longen, este é o primeiro passo em direção à aplicação de projetos de inovação e pesquisa para elevar a competitividade das indústrias. “Há um ano o Senai, o IEL e o governo estadual conversavam com o INT para a criação de um escritório de representação da entidade.” O INT tem expertise em inovação tecnológica industrial e um escritório em Mato Grosso do Sul, explica Logen, servirá para orientar a indústria para obter mais eficiência e competitividade.

Para Naveiro, a parceria que acaba de ser fechada viabiliza a entrada da instituição em Mato Grosso do Sul. “O INT precisava sair da sua área de conforto para levar seus serviços a todas as regiões do Brasil. Por isso chegamos para ajudar o Sistema Fiems a trazer mais inovação tecnológica para as empresas locais”, disse.

Pelo acordo, o Senai e o IEL vão promover os meios necessários para a instalação de uma unidade operacional do INT, incluindo instalação física adequada e alocação de um conjunto de bolsas para atividades previstas. Adicionalmente as organizações vão fornecer a infraestrutura para o funcionamento da unidade e coordenar a execução técnica das ações, projetos, atividades e o programa de extensão tecnológica em Mato Grosso do Sul.

O INT vai auxiliar no planejamento de estratégias de abordagem para as empresas locais relacionadas a atividades de extensão tecnológica e apoio na consecução de projetos tecnológicos de mútuo interesse e previamente estabelecidos. O INT também vai articular e facilitar a interlocução com as empresas prestadoras de serviços tecnológicos, acompanhar a execução das ações no âmbito do Sistema Brasileiro de Ciência e Tecnologia (Sibratec) e promover o treinamento de extensionistas designados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário