terça-feira, 1 de novembro de 2011

Robótica industrial: Equipe de Várzea Grande vence competição do Senai-MT

Força de vontade e superação foram os sentimentos descritos pelos quatro estudantes da equipe Robotic Flash, da unidade do Senai de Mato Grosso em Várzea Grande, para expressar a experiência na 1ª Competição Estadual de Robótica Industrial do Senai-MT. Campões do torneio, a equipe lembra que não é hora de acomodar. Depois da vitória na fase estadual, agora a expectativa se volta para a conquista de vaga na 7ª Olimpíada do Conhecimento, competição nacional de educação profissional e tecnológica que reunirá alunos do Senai e do Senac em novembro de 2012, em São Paulo.

Durante a competição, os protótipos foram montados pelas equipes para solucionar desafios propostos. Foram quatro provas: trajeto (velocidade), resgate (ajuda a sobreviventes), bombeiros (apagar focos de incêndio e resgate) e sumo (derrubar robô adversário). "Essa conquista representa uma vitória nos estudos. Passamos dias e noites em claro para chegar a esse resultado. Agora queremos a Olimpíada do Conhecimento", comenta o estudante Rafael Monteiro. 

Premiação das primeiras colocadas na Competição Estadual de Robótica Industrial de Mato Grosso (Foto Senai-MT)

"Foi muita determinação e força de vontade. Mas a felicidade é imensa, estudamos e trabalhamos para isso", destaca Willian Lennon. Para o aluno Rennan Haagsma, "foi muito boa a experiência de trabalhar em equipe, e apresentarmos a ação dos robôs ao público".

Outro integrante da equipe vencedora, Igor Rosa valoriza o conhecimento adquirido. "Precisamos alterar o projeto várias vezes depois de pronto, ver os erros e resolvê-los. Ampliou a visão sobre robótica". Foi o que disse também Ricardo Teixeira da Fonseca, que ressalta a necessidade da persistência para aprender e usar o conhecimento. "Foi muito estudo, montamos e desmontamos o robô diversas vezes". Os jovens vencedores são alunos do curso 'Operador de Robô Industrial, que é oferecido no Senai de Várzea Grande. Como prêmio, os estudantes levaram R$ 5 mil.

O segundo lugar ficou com a equipe Megabot, do Unirondon, composta por Ibrahin Baraúna, Fábio Santana, Vinícius Esteves do Nascimento e Van Lee Batista. O prêmio foi R$ 2.5 mil. De acordo com Ibrahin, mesmo com uma das tecnologias mais avançadas usada nos robôs, faltou aplicação correta da infraestrutura para manter a liderança na disputa. "Foi muito importante participar da competição, toda a equipe aprendeu e ganhou experiência. Não vencemos o torneio, mas considero que nosso resultado foi excelente".

A equipe Ultimate, do Senai de Rondonópolis, ficou em terceiro lugar na disputa. Os jovens ganharam R$ 1.250 e, apesar de não terem alcançado o ouro, os estudantes não demonstraram desânimo. "Estamos mais motivados a partir de agora, pois é a primeira vez que participamos e já conseguimos subir ao pódio. Para nós, o terceiro lugar é uma grande vitória", destacou Antônio Odailton Macedo. Para ele, o grupo, composto ainda por Fabrício Almeida, Jhonathan Corrêa e Jhonatas da Silva, está animado para enfrentar as dificuldades e lutará pela vaga na Olimpíada do Conhecimento.

De acordo com supervisor educacional do Senai-MT e coordenador do projeto, Rodrigo Ferreira de Souza, a competição superou as expectativas. "Estamos muito felizes com o resultado, pois, além da participação de outras instituições de ensino e a experiência adquirida, o nível de conhecimento dos participantes foi maior que o esperado". A disputa também agradou ao público, principalmente crianças e adolescentes curiosos em ver os robôs em ação. Um deles era Wanderson Arruda, de 14 anos, que perguntava no balcão qual a idade mínima para entrar no curso de robótica do Senai. "Nunca tinha visto um robô ao vivo, só pela internet. Sempre tive curiosidade e vontade de aprender a montar um robô.”

A Competição de Robótica Industrial do Senai-MT ocorreu de 27 a 30 de outubro, no Pantanal Shopping, em Campo Grande, e reuniu 27 alunos dos centros de educação do Senai em Várzea Grande e Rondonópolis, além de participantes do Centro Universitário Unirondon e do Instituto Federal de Mato Grosso. "Esta iniciativa é uma das ações propostas para o treinamento de alunos do Senai-MT em cursos técnicos de automação, mecatrônica, desenvolvimento de sistemas, eletroeletrônica e outros, além do próprio curso de robótica”, explica o diretor regional do Senai-MT, Gilberto Gomes de Figueiredo.

Segundo ele, é uma ação didática, ampliada para outras instituições de ensino, visando testar o conhecimento deles e melhor prepará-los para o mercado. “Além disso, contribuiu para preparar psicologicamente e tecnicamente os estudantes para a etapa nacional de robótica industrial, na Olimpíada do Conhecimento.” Na edição anterior da Olimpíada, em março de 2010, o Senai-MT conquistou a medalha de prata em robótica industrial.


2 comentários:

  1. Olá,
    Não existem fotos do torneio? Gostaria de ver como é a competição *-*
    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Prezado, o Senai-MT colocou à disposição apenas a foto que está publicada.

    Abraço,

    ResponderExcluir