segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Pronatec em debate: Haddad se reúne com especialistas em ensino técnico

As revistas CartaCapital e Carta na Escola vão promover mais um seminário da série Diálogos Capitais 2011. Trata-se do evento Ensino Técnico: uma necessidade para o País, uma alternativa para os jovens, que ocorrerá na próxima sexta (11/11), das 9h às 17h, no Hotel Golden Tulip Park Plaza, em São Paulo, capital.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, vai abrir os debates com a palestra O ensino técnico como prioridade de governo. O diretor-geral do Senai Nacional, Rafael Lucchesi, participa dos trabalhos, junto com o presidente do Conselho Nacional do Sesi, Jair Meneghelli, e outros representantes de organizações públicas e privadas.

A agenda do evento continua ao longo do dia, com três mesas-redondas. Na primeira, O ensino técnico no Brasil e seu papel para o crescimento do País, vai abordar o papel do Senai; os setores da economia com maior demanda; as áreas estratégicas que já apresentam carências; a necessidade de um planejamento estratégico nacional e como democratizar a oferta.

À tarde serão debatidos o Prominp – as descobertas na camada pré-sal e a revolução na cadeia produtiva do petróleo e gás; a necessidade da Petrobras buscar um novo corpo técnico qualificado e em quantidade e as oportunidades abertas por todo País – e o Pronatec e as demais propostas para ampliar a oferta de vagas. Para nortear os debates foram eleitos os seguintes temas: com formar cidadãos; porque o ensino técnico não pode ser um programa de caridade voltado para jovens de baixa renda; o ensino técnico como alternativa de futuro para os jovens; a necessidade de expandir a oferta de vagas e o respeito às características e diferenças regionais; experiências de outros países; formar profissionais com forte básica técnica, científica e humanista e o atual modelo de ensino superior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário