terça-feira, 22 de novembro de 2011

Design: Publicação do Senai é destaque em premiação nacional

O Caderno do Mobiliário – Desejos e Rupturas, uma criação do Senai, receberá Menção Honrosa na mais tradicional e renomada premiação de design do Brasil - o Prêmio Design MCB. A homenagem será entregue nesta terça (22/11), às 19h30, no Museu Casa Brasileira, em São Paulo. O prêmio é uma realização independente, promovida em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, e desafia profissionais na elaboração de projetos e protótipos.

Desejos & Rupturas é resultado de uma ampla pesquisa coordenada pelo Programa de Gestão do Design, do Senai Nacional, com a participação de designers de 12 estados, entre eles o Paraná. O livro está baseado em estudos, feiras, missões internacionais e visitas a fábricas. Durante a pesquisa, foram visitadas 68 residências de dez estados brasileiros, que permitiram uma leitura das peculiaridades regionais e seu universo de contrastes.


Segundo Nilson Violato, gerente do Senai de Arapongas, no Paraná, a publicação trabalha com macrotendências e se baseia no histórico e no movimento do setor. “Nossa intenção não é apontar tendências, mas sim servir de referência para aqueles que trabalham com o desenvolvimento de produtos. Ele destaca a realização da pesquisa fotoetnográfica, que aponta aspectos comuns e incomuns em relação à utilização dos móveis pela população.

“Um exemplo interessante é que em todas as casas visitadas, independente da classe social, havia um espaço para a manifestação do sagrado e da religiosidade. Em alguns casos, os moradores até customizavam o móvel”, observa Violato.

A publicação, que está em sua nona edição, é uma evolução dos Cadernos de Tendência e de Referência em Mobiliário do Senai. A coordenação deste material foi do Senai Paraná. Nos anos anteriores, o Senai Rio Grande do Sul era o responsável.

O Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Madeira e do Mobiliário (Cedetem), em Contagem, em Minas Gerais, também atua no Programa. Vem ainda do Senai mineiro o projeto gráfico da publicação, desenvolvido pelo Núcleo de Design de Embalagens do Centro de Comunicação, Design e Tecnologia Gráfica (Cecoteg).
Foto Divulgação

Novo núcleo gráfico em Minas
A região sul de Minas Gerais ganhou o Núcleo de Tecnologia Gráfica Marcone Reis Fagundes, novo espaço do Senai de Pouso Alegre. O novo espaço, cujo nome homenageia o proprietário da Guiatel Belo Horizonte, vai formar profissionais para as indústrias gráficas. Participaram da inauguração os presidentes do Sistema Fiemg, Olavo Machado Jr., e do Sindicato Intermunicipal das Indústrias Gráficas do Sul de Minas (Sinigraf), Gilberto Rangel, entre outros representantes do setor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário