sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Curso de automação sob medida

Outra iniciativa de destaque do Senai vem da Fatec de Campo Grande, que está promovendo o curso de Controlador Lógico Programável (CLP), com sua unidade móvel de automação industrial (foto) estacionada no polo industrial norte, na saída para Cuiabá. Estão sendo beneficiados seis funcionários da MovFlex (moveleira) e seis da Selofort (plástico). Eles deverão terminar o curso em dezembro.

O diretor-administrativo da MovFlex, Wilson Guimarães, explica que a unidade móvel do Senai atende à demanda da empresa. “Para nós, isso representa muito, pois a realização do curso no próprio local de trabalho facilita para os funcionários. Além disso, os equipamentos atuais são eletrônicos e o curso vai preparar os trabalhadores para tirar o melhor desempenho das novas máquinas."


Premiação das primeiras colocadas na Competição Estadual de Robótica Industrial de Mato Grosso - Foto Senai-MT

Guimarães destaca que antes a indústria usava uma serra de cortar madeira e hoje é uma seccionadora acoplada a plano de corte informatizada. “Não foi só o nome que mudou, pois, para operar essa máquina moderna, é preciso ter uma noção básica de eletrônica industrial." Para o gerente de produção da empresa, Adimilson Freres da Silva, o treinamento dará mais condições para o rendimento do trabalho. “Muitas máquinas são utilizadas no processo produtivo e para desenvolver o trabalho de forma mais rápida e eficiente é preciso conhecê-las melhor."

O encarregado de produção da Selofort, Wilyan Siqueira Rodrigues, também acredita que um melhor entendimento sobre as máquinas pode gerar lucro para a empresa. “No dia a dia do nosso trabalho, essas máquinas são muito utilizadas e, depois desse curso, acredito que vai ser possível aumentar o ritmo de trabalho e, conseqüentemente, a produtividade."

O programa é importante para os colaboradores que estão em contato com equipamentos de ponta, assegura o gerente da Fatec Senai, Artur Quintella,. “As indústrias de todos os segmentos estão se modernizando e essa também é uma realidade das indústrias de móveis e de plásticos. Os equipamentos adquiridos pelas indústrias são de valor elevado e para utilizá-los é necessária a qualificação do trabalhador."

Foto Senai-MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário