quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Confecções no Ceará: Sindroupas e Senai formam novas profissionais

Vinte e duas trabalhadoras da indústria de confecções do Ceará, que atuam nas funções de costureira graduada, piloteira e auxiliar de produção, acabam de concluir o curso de supervisão de produção promovido pelo Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas de Homem e Vestuário do estado (Sindroupas). A capacitação, que foi realizada no Senai de Parangaba, em Fortaleza, teve como conteúdo gerenciais, cronometragem, manutenção em máquina Industrial, modelagem em tecido plano, métodos operacionais de costura em tecido plano e gestão da qualidade.

Segundo o presidente do Sindroupas, Túlio Colares, a iniciativa minimiza um dos maiores desafios do segmento: a formação de trabalhadores qualificados. “Qualquer esforço para treinar pessoal e resolver essa deficiência, que dificulta o crescimento de nossas indústrias, é sempre pouco diante do enorme desafio de competitividade que precisamos superar." Segundo Colares, o treinamento foi formatado a partir da necessidade das empresas de confecções masculinas.

Para o empresário Paulo Alexandre, proprietário da empresa fabricante de jeans Victor Paulo, o resultado da capacitação já começa a refletir na produtividade de sua empresa. “Tive três pessoas fazendo o curso e é possível perceber a diferença, principalmente em relação à organização e ao acompanhamento de metas e ao cálculo do percentual de meta atingido. Isso está mexendo com o grupo inteiro, gerando aumento de produtividade”, garante. Alexandre emprega 16 funcionários em sua microempresa. “Eu mesmo participei de um curso de formação de preços promovido pelo sindicato e aprendi muito. Agora, tive oportunidade de qualificar meu pessoal."

Nenhum comentário:

Postar um comentário