quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Pronatec: Santa Catarina vai abrir mais de 1.700 vagas em cursos gratuitos

Santa Catarina poderá ser a primeira unidade da federação a oferecer formação inicial e continuada gratuita pelo Pronatec. O planejamento para a realização dos cursos foi discutido pelas principais instituições de educação profissional nesta segunda (19/9), na sede do Sistema Fiesc, em Florianópolis. O programa deve abrir no estado cerca de 6 mil vagas, sendo 1.754 em cursos na área industrial, realizados pelas unidades do Senai. A intenção é que os cursos sejam iniciados em 13 de outubro.

Até o final do ano, serão abertas turmas de formação inicial e continuada (cursos de qualificação), com duração mínima de 160 horas/aula, destinados a alunos do terceiro ano do ensino médio que estudem em escolas públicas. Para o próximo ano, a expectativa é de oferecer em Santa Catarina 5 mil vagas em cursos técnicos e outras 15 mil em cursos de formação inicial e continuada, com duração mínima de 200 horas.

Além do Senai, que cedeu estrutura de videoconferência para apresentar o programa para as regionais das entidades envolvidas, participaram do encontro representantes da Secretaria Estadual de Educação, do Instituto Federal de Santa Catarina, do Instituto Federal Catarinense e Senac.

"Quando falamos em educação, temos que desmistificar a questão dos atores envolvidos. Pois o estado, sozinho, não tem condições de suprir toda a demanda de educação profissional, já que a meta do Plano Nacional de Educação é de até 2016 duplicar o número de vagas em educação profissional", afirmou a diretora de Educação Básica e Profissional da Secretaria de Educação, Gilda Mara Marcondes Penha. Segundo a diretora,  Santa Catarina possui cerca de 300 mil jovens em idade para cursar o ensino médio, mas que 40% desses não chegam a esse nível. Um dos motivos seria a falta de ligação do ensino com o mundo do trabalho, o que promove a evasão.

O diretor regional do Senai-SC, Sérgio Roberto Arruda, explicou a organização também tem como objetivo duplicar o número de matrículas em educação profissional até 2014. "Isso representa passar de 2 para 4 milhões o número de alunos atendidos no Brasil. Daí a importância do Pronatec, que é o primeiro programa a envolver todas as instituições de educação profissional.” A seleção de alunos e pré-matrícula será realizada entre 28 de setembro e  6 de outubro. Os interessados devem procurar as secretarias de suas escolas.

No Brasil, o Senai espera abrir até o final deste ano cerca de 81 mil vagas para alunos do ensino médio das escolas públicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário