quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Novas tecnologias: Sistema Fiep fecha parceria com os inventores do MP3


Como já acontece com o Senai de Santa Catarina e o Senai Nacional, o Instituto Fraunhofer, da Alemanha, acaba de fechar parceria com o Centro Internacional de Inovação (C2i), do Sistema Fiep. O foco é a transferência de conhecimento e tecnologia de um dos mais importantes centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Europa e que conta com um vasto portfólio de patentes depositadas.

A mais conhecida é a tecnologia que deu origem ao MP3, o formato de áudio mais popular do mundo. Além de promover cursos e trocar experiências com os empresários e pesquisadores do Paraná, a parceria com o C2i, ainda prevê, para os próximos anos, a instalação de um laboratório tecnológico do instituto no Cietep, em Curitiba.

Frank Wagner: "os resultados do workshop foram bastante impressionantes” - Foto Rogério Theodorovy

Segundo o diretor-executivo do C2i, Filipe Cassapo, "o Instituto Fraunhofer desenvolve pesquisas e testes laboratoriais em diferentes setores da indústria, com alta tecnologia e um time de pesquisadores do mais alto nível agora à disposição dos empresários paranaenses." Segundo o membro do conselho de administração do Instituto, Frank Wagner, essa parceria deverá trazer importantes avanços para as pesquisas realizadas pelo Fraunhofer em diversas áreas. “Vamos trazer todo nosso potencial tecnológico e de pesquisa para dividir com os empresários do Paraná. Mas temos a certeza de que também vamos aprender muito com eles. Aqui há empresas com grande potencial tecnológico, como a Bematech e a Positivo Informática."

Uma das linhas de pesquisas mais recentes do Instituto Fraunhofer é a chamada Low Cost Innovation – Inovação de Baixo Custo. Segundo Wagner, essa inovação é um grande desafio na Europa. “A indústria europeia fabrica produtos caros, com alto valor agregado. Reduzir os custos é um grande desafio e, no atual momento econômico global, isso se faz ainda mais necessário”, explica.

Esse foi o tema de recente workshop ministrado por Frank Wagner em Curitiba, para empresários. Os participantes se dividiram em grupos para pôr em prática a primeira troca de experiência. “O objetivo do Low Cost Innovation é a redução de custo e uma das características é a redução do tempo de desenvolvimento. Propomos aos grupos o desenvolvimento de um plano de negócios para uma bicicleta elétrica. E os resultados foram bastante impressionantes”, comentou Wagner.

Para o diretor-geral da Inforline Móveis, Luiz Fernando Tedeschi, a ferramenta apresentada no workshop poderá ser imediatamente aplicada na empresa, que está começando a implantar a gestão da inovação. “Estamos dando os primeiros passos para ter uma cultura de inovação em todos os nossos processos. O apoio do C2i, com consultorias e a promoção de eventos como este, fará toda a diferença no processo de desenvolvimento sustentável dos nossos negócios”.

O C2i já atraiu desde 2009 centros de P&D de diversos países e ajudou empresas de todos os tamanhos na implantação da gestão da inovação. “O objetivo do C2i é levar a inovação de forma rápida e prática para aumentar a competitividade das empresas do Estado. Com a assinatura desta parceria, estamos dando mais um passo para trazer o que há de melhor em inovação no mundo”, explica o diretor-executivo Filipe Cassapo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário