quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Norma reguladora 12: Workshop divulga alterações em manutenção de máquinas e equipamentos


Tema que gera muitas dúvidas e tem impacto direto nos custos da produção industrial, a Norma reguladora nº 12 foi debatida no recente workshop Gestão da Manutenção – Os Impactos das Normas Regulamentadoras. Realizado pelo Senai de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, o encontro reuniu empresários, estudantes e acadêmicos sobre as novas alterações da NR 12, que trata da manutenção de máquinas e equipamentos na indústria.

Segundo o gerente de educação e desenvolvimento tecnológico do Senai-MS, Jesner Escandolhero, o workshop é o início de um trabalho que prevê consultorias nas indústrias e empresas do estado para atender às alterações da NR 12. O trabalho será realizado no Senai do Rio Grande do Sul e deverá chegar primeiro às indústrias de Campo Grande e, posteriormente, no resto do estado. “Os consultores gaúchos passarão esse conhecimento aos nossos instrutores que as repassarão a empresários, técnicos em segurança do trabalho e trabalhadores”, explicou o gerente.

Durante o workshop foram apresentadas as palestras Desafios na Implantação da Nova NR 12, com o engenheiro de produção mecânica Jerry Amarildo Hibner; e Implantação da Gestão da Manutenção – Qual Caminho Trilhar, com o engenheiro mecânico Imar e Souza Soares Júnior. “O conceito de manutenção de máquinas e equipamentos é o ponto culminante da nova NR12. É preciso que os empresários se informem sobre a importância em se adequar”, disse Hibner.

Imar Junior, que é instrutor de educação de nível técnico do Senai do Rio Grande do Sul, fez um paralelo entre as indústrias atuais e as de décadas atrás. “Sofremos uma evolução tecnológica muito grande, e o empresário necessita se atentar a isso e encontrar formas para se prevenir de acidentes em local de trabalho, e uma dessas estratégias é manter seus equipamentos sempre em bom estado."

Para a presidenta da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho (Anest), Elizabeth Spengler Cox de Moura Leite, as normas regulamentadoras são questões obrigatórias que todas as empresas devem observar. “Com o cumprimento dessas normas é possível que toda e qualquer empresa e indústria tenha controle dos riscos. Se o empresário deixa de cumprir essas normas ele abre as portas para que problemas aconteçam, gerando custos desnecessários, além de colocar em risco a saúde do seu funcionário."

Na avaliação da técnica em segurança do trabalho da Brookfield Empreendimentos, Cristina Lucia Ota, a iniciativa do Senai é importância para que todos possam se adequar a tempo. “O papel do técnico em segurança do trabalho é de extrema importância dentro de uma empresa, pois ele é o responsável por enquadrar desde as máquinas e equipamentos até as funções dos colaboradores, solucionando problemas e promovendo ações de prevenção."

Nenhum comentário:

Postar um comentário