quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Cooperação internacional: Encontro Brasil-Alemanha reunirá 1.500 empresários

A ampliação da cooperação bilateral em inovação tecnológica e na área de saúde, incluindo pesquisa clínica e equipamentos médicos, é um dos temas do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que na sua 29ª edição reunirá 1.500 empresários no Pier Mauá, no Rio de Janeiro, na próxima semana (19 e 20/9).


O encontro é promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e sua congênere alemã, Bundescerband der Deutchen Industries (BDI), e organizado pelo Sistema Firjan. Seu principal objetivo, segundo a CNI, é aprofundar uma relação bilateral tradicional e estratégica em uma conjuntura de crise econômica internacional e queda na demanda nos países desenvolvidos.

Participarão do evento, entre outras autoridades e empresários, o ministro alemão das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, e os empresários Eike Batista, presidente do grupo EBX, e Theo Van Der Loo, presidente da Bayer.

O Brasil é o mais importante parceiro comercial da Alemanha na América Latina e a Alemanha é o quarto maior parceiro comercial do Brasil, atrás dos Estados Unidos, Argentina e China. De janeiro a julho últimos, conforme dados do Banco Central, os investimentos diretos alemães no Brasil atingiram US$ 477 milhões, mais do que o dobro do verificado no mesmo período de 2010, quando registraram US$ 208 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário