quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Calçado sob medida: Projeto do Senai mostra novas medidas do pé feminino

As novas medidas do pé da mulher com mais de 55 anos foram apresentadas nesta quarta (14/9), às 9h, na Feira e Empreendimentos Turísticos (Fenac), local da Festa Nacional do Calçado, em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. O evento destacou os resultados do Projeto Mais Calce, realizado em parceria entre o Senai-RS e o da Paraíba e a Artecola Indústrias Químicas.


A pesquisa determina o perfil antropométrico de pés femininos de mulheres acima de 55 anos, tudo para o desenvolvimento de formas e componentes da produção de calçados. A ideia é alinhar design, qualidade e, sobre tudo, respeito à anatomia e conforto.

No Rio Grande do Sul, a amostra do trabalho foi feita com 1.066 participantes. A maior parte (49,2%) apresentava-se na faixa etária entre 61 e 70 anos. Foram detectados diferentes aspectos: grande parte das participantes apresentava sobrepeso (42,9%), a maioria calçava entre 36 (24,6%) e 37 (27,1%). Quanto à atividade física, 77,7% das participantes foram classificadas como ativas, ou seja, pessoas que praticam caminhadas leves por, no mínimo, cinco dias por semana durante 30 minutos. Do total de pesquisadas, grande parte não exercia atividade remunerada (87,8%) e 85,3% possuíam algum tipo de problema de saúde.

Na Paraíba, a amostra do trabalho foi feita com 1.034 participantes, sendo que 40%, na faixa de idade entre 61 e 70 anos. Foi verificado que grande parte estava com sobrepeso (48,7%), a maioria calçava entre 36 (30%) e 37 (25,9%). Embora com índice menor que o Rio Grande do Sul, 52,6% foi classificada como ativa. Quanto à saúde, 81,4% tinham algum tipo de problema e 58,1% não possuía atividade remunerada.

Após a apresentação, Anderson Dibert, do Instituto Brasileiro de Saúde do Movimento, de Juiz de Fora, em Minas Gerais, falou sobre Mais Calce, em Busca de um Calçado Funcional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário