quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Saúde no trabalho: Senai-AL leva prevenção de acidentes à escola

Em comemoração ao Dia de Prevenção do Acidente no Trabalho (27/7), o Senai de Alagoas realizou em Maceió a sensibilização de alunos da organização para a importância do uso adequado dos equipamentos de proteção individual (EPIs) no desenvolvimento das atividades rotineiras. O Grupo Teatral do Sesi-AL fez uma demonstração de um acidente no trabalho, que deixou sequelas para o resto da vida.

A iniciativa, que foi elaborada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da organização, buscou integrar e conscientizar os participantes sobre a importância de conservar e proteger a saúde e a integridade física dos trabalhadores durante a sua jornada. “A receptividade dos colaboradores e alunos da escola do Senai nesta ação foi acima da expectativa”, explica o instrutor de Segurança do Trabalho e presidente da Cipa, Ivanildo Ribeiro.

O pátio do Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva ficou cheio para a apresentação do Grupo de Teatro do Sesi – Foto Senai-AL
O pátio do Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva ficou cheio para a apresentação do Grupo de Teatro do Sesi – Foto Senai-AL

O Senai-AL possui Cipas no Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva e no Centro de Educação Profissional Napoleão Barbosa, ambos na capital do estado. As comissões trabalham integradas em ações preventivas contra o acidente no trabalho. “Na semana passada, fizemos um treinamento para a formação dos membros das Comissões do Senai-AL e de empresas parceiras”, destaca Ribeiro. A Cipa é um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes, das condições do ambiente e de todos os aspectos que afetam sua saúde e segurança no trabalho.

O objetivo principal da Cipa é fazer com que empregadores e empregados trabalhem em conjunto na prevenção de acidentes e melhoria na qualidade do ambiente de trabalho. Com a assessoria do Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho do Sesi, a Cipa também identifica os riscos do processo de trabalho, elabora mapa de risco e organiza Semanas Internas de Prevenção de Acidentes (Sipats), de modo a tornar compatíveis, permanentemente, o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário