quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Brasil em Londres: Definida a equipe brasileira para o torneio internacional de educação profissional


Está formada a equipe que representará o Brasil no 41º WorldSkills, maior torneio de educação profissional e tecnológica do mundo. A competição reunirá de 5 a 8 de outubro, em Londres, cerca de mil jovens de 50 países. Nas provas, que simulam desafios do dia a dia do trabalho em 46 ocupações, eles terão de demonstrar competências e habilidades técnicas e pessoais para executar as tarefas dentro de padrões de qualidade e do prazo estipulado.

A equipe brasileira é formada por 28 jovens estudantes, dos quais 23 são de cursos de aprendizagem e técnicos do Senai e cinco do Senac. Eles competirão em 25 ocupações profissionais, como confeitaria, design gráfico, tecnologia da informação, mecatrônica, robótica móvel, eletricidade predial e industrial. Segundo o gerente de Olimpíadas do Senai Nacional e chefe da delegação brasileira, José Luís Leitão, o desempenho dos jovens profissionais foi além do esperado. “Está lançado o grande desafio que é ficar no topo da lista da classificação mundial."

O WorldSkills reúne a cada dois anos o que há de melhor em competências profissionais de todo o mundo - Foto Divulgação
O WorldSkills reúne a cada dois anos o que há de melhor em competências profissionais de todo o mundo - Foto Divulgação

Os competidores brasileiros passaram por um rigoroso processo de treinamento de seleção, que começou com as etapas escolar, estadual e nacional da Olimpíada do Conhecimento, torneio nacional de educação profissional realizado a cada dois anos pares pelo Senai e parceiros. Os vencedores da Olimpíada enfrentaram ainda duas provas simuladas, uma realizada no Distrito Federal, em maio, e outra, em São Paulo, na semana passada.

Nos dois testes, os 28 estudantes alcançaram os rigorosos índices internacionais, o que comprova que estão entre os melhores profissionais do mundo nas 25 ocupações. Com isso, estão prontos para levar o Brasil ao pódio, como ocorreu nas duas últimas edições do WorldSkills. “Acredito que esta é a melhor equipe que o Brasil já preparou para disputar um WorldSkills”, analisa o expert em Tecnologia da Informação do Senai de Alagoas e da delegação brasileira, Robert Knowles. Em 2007, quando o torneio foi realizado no Japão, a equipe brasileira ficou em segundo lugar, atrás da Coreia do Sul. Em 2009, no Canadá, o Brasil ficou em terceiro lugar, atrás de Coreia do Sul e Irlanda.

Também bianual, mas promovido nos anos ímpares, o WorldSkills, além da competição, é uma grande oportunidade de jovens profissionais de diversos países do mundo trocarem conhecimentos técnicos e tecnológicos e experiências sobre suas ocupações. Mais do que medalhas e certificados de excelência, os competidores são referência internacional em suas profissões. A participação no WorldSkills é, portanto, uma importante credencial para o mercado de trabalho.

Conheça a equipe brasileira para o WorldSkills de Londres:




Ocupação

Competidor
Instituição/Estado

Polimecânica
Rodrigo da Silva Panifer
Senai São Paulo
Sistema de transporte da informação

Othon Alonso Almeida
Senai São Paulo
Desenho mecânico em CAD
Guilherme Augusto Souza
Senai São Paulo


Construção de moldes

Lucas Silva Terra
Senai São Paulo

Tecnologia da informação
Paolo Haji de Carvalho Bueno
Senai São Paulo

Design gráfico

Guilherme de Souza Vieira
Senai São Paulo

Tornearia CNC
Rafael de Oliveira Santos
Senai Minas Gerais

Fresagem CNC
Thiago Guilherme Carvalho
Senai Minas Gerais

Eletricidade predial

Lucas Rodrigues de Souza
Senai Minas Gerais
Eletricidade industrial
Marcos Paulo dos Santos
Senai Minas Gerais
Webdesign
Natã Miccael Barbosa
Senai Santa Catarina

Robótica móvel

Leandro Duarte Machado e André Luís Peripolli
Senai Santa Catarina

Aplicação de revestimento cerâmico
Jecivaldo Oliveira da Silva
Senai Distrito Federal

Mecânica de refrigeração

Willian Ramon
Senai Distrito Federal

Mecatrônica

Christian Alessi e Maicon Carlos Pelisaro Pasin
Senai Rio Grande do Sul

Soldagem
Lucas Landriny Costa Filgueira
Senai Rio Grande do Norte


Joalheria
Rodrigo Ferreira da Silva
Senai Rio de Janeiro
Eletrônica industrial
Gabriel D’Espindula

Senai Paraná



Instalação e manutenção de redes

Avner Miguel de Lima Santos
Senai Alagoas
Marcenaria
Rafael Rosan Trambini

Senai São Paulo
Confeitaria
Priscila Silva Teixeira
Senai Minas Gerais

Cabeleireiro
Daniela Silva de Mello
Senac Rio Grande do Sul

Técnico em enfermagem
Jéssica Peyer do Amaral e Renata Araújo Machado
Senac Rio Grande do Sul

Serviço de restaurante
Hemilton Heverton dos Santos
Senac Bahia

Cozinha
Laysa Barreto de Meneses
Senac Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário