quinta-feira, 4 de agosto de 2011

7ª Olimpíada do Conhecimento do Senai: Empresários destacam excelência dos competidores paranaenses

Mais de 60 empresários e profissionais de recursos humanos de empresas da região de Ponta Grossa, no Paraná, conheceram nesta quarta (3/8) os competidores e as provas da segunda fase da etapa estadual  da 7ª Olimpíada do Conhecimento. Eles participaram de um café da manhã e puderam observar os 88 alunos de cursos profissionalizantes do Senai-PR que disputam medalhas e vagas para a etapa nacional da principal competição de educação profissional e tecnológica das Américas. Nas provas, os competidores precisam dominar as habilidades técnicas da profissão, conhecer as tecnologias e ter as qualidades pessoais exigidas pelo mercado.

Para o empresário e coordenador regional da Federação das Indústrias do estado (Fiep) em Ponta Grossa, Luiz Gustavo Carvalho, a Olimpíada do Conhecimento é uma forma de preparar o aluno para a competição do mercado de trabalho. “Hoje, os profissionais enfrentam uma pressão muito grande. Os alunos que participam estão simulando a pressão que existe no mundo corporativo."

O pátio do Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva ficou cheio para a apresentação do Grupo de Teatro do Sesi – Foto Senai-AL
Ivo Bremm, presidente do Sindicato da Madeira, na Olimpíada de Ponta Grossa - Foto Rogério Theodorovy

Para o presidente do Sindicato de Reparação de Veículos de Ponta Grossa, Jorge Szabili Junior, a Olimpíada do Conhecimento é uma oportunidade para o jovem ser visto pelo mercado de trabalho. “A ideia é aproveitar os jovens para formar futuros talentos dentro da indústria. Os alunos do Senai levam conhecimento e tecnologia para nossas indústrias." Segundo Szabili Junior, “o sindicato possui uma bolsa emprego, e a preferência é para alunos dos cursos do Senai e do Colégio Sesi".

Segundo Ivo Bremm, presidente do Sindicato da Madeira do município, vários profissionais da entidade estão analisando o perfil dos competidores para uma futura contratação. “Desta competição saem pessoas que se destacam e profissionais que farão a diferença no mercado de trabalho." A disputa também foi comentada pelo reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), João Carlos Gomes. “A competição reforça o perfil institucional do Senai, de formar profissionais qualificados para o mercado de trabalho, sem deixar de lado a preocupação social."

Outros empresários também destacaram a qualidade e profissionalismo dos jovens. “É uma oportunidade muito grande para a indústria conhecer a qualidade de ensino do Senai. Os jovens que estão aqui estão bem preparados para os desafios do mercado de trabalho”, disse o presidente do Sindicato da Cerâmica, Elídio Carlos Curi de Macedo.

Segundo Jesus Humberto Aleman, da Metalsistem, os alunos formados pelo Senai são disputados pelas empresas. “Esses jovens são o futuro de nossa indústria. Ao participar de uma competição como esta, eles mostram que estão preparados para o mercado de trabalho."
Mais informações: www.pr.senai.br/olimpiada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário