sexta-feira, 8 de julho de 2011

Mostra Inova 2011: Paraná premia 4 projetos inovadores

Um selo de qualidade para bonés, um exaustor eólico que produz energia, uma bebida láctea fermentada com soja e um projeto de responsabilidade socioambiental na indústria. Esses foram os trabalhos vencedores nesta quinta (7/7) na Mostra Inova 2011, concurso promovido pelo Senai e o Sesi do Paraná nesta semana, durante a primeira fase da etapa estadual da 7ª Olimpíada do Conhecimento (veja matéria abaixo), em Curitiba. A mostra reuniu 52 propostas de alunos, docentes e técnicos das organizações promotoras do concurso, nas categorias produto, serviço e processo. Também participaram 18 casos de sucesso: projetos desenvolvidos por indústrias em parceria com profissionais do Senai e do Sesi e que resultaram em produtos inovadores.


“O objetivo da Mostra Inova é propiciar iniciativas voltadas para o empreendedorismo e inovação, valorizando o processo de educação”, disse o gerente de operações do Senai-PR, Marco Secco. “Os alunos aprendem a pensar nos problemas reais e desenvolvem inovações com alta aplicabilidade”. Os projetos foram avaliados por mais de 60 profissionais de indústrias, de instituições e do mercado. Os três primeiros colocados em cada categoria, mais o projeto eleito pelos visitantes, serão expostos na segunda fase da etapa Paraná da Olimpíada do Conhecimento 2012, que o Senai-PR vai promover de 1º a 5 de agosto, em Ponta Grossa.

Carlos Eduardo: o uso de plantas ajuda a devolver a água à com qualidade até mesmo superior a que foi colhida – Foto Rogério Theodorovy
Selo de qualidade para bonés fica em primeiro na categoria serviço - Foto Rogério Theodorovy

O Selo de Qualidade Bonés de Apucarana criado no Sesi e o Senai do município garantiu a primeira colocação na categoria serviço. O projeto tem o apoio do Sindicato das Indústrias do Vestuário e Vale do Ivaí e do APL Bonés locais. “O selo distingue a empresa pelos critérios da qualidade, do cuidado ambiental e responsabilidade social, neste caso a partir de projetos relacionados aos Objetivos do Milênio”, explicou Marlene Mariotto Gaspar, do Senai de Apucarana. Está tudo pronto para o selo ser implantado.

Na categoria processo, o vencedor foi o Exaustor Eólico/geração de energia, desenvolvido também no Sesi e o Senai de Apucarana. A função primária do exaustor é eliminar a má circulação do ar dentro de um ambiente. Os alunos aprimoraram o equipamento: quando o exaustor eólico gira, o mecanismo movimenta e gera energia elétrica para o motor. O projeto bebida láctea fermentada com soja enriquecida com ômega 3,6 e colágeno ficou em primeiro na categoria produto.

A iniciativa é resultado do trabalho de conclusão de dois alunos do curso técnico de Alimentos, do Senai da Cidade Industrial de Curitiba. “Não há produto similar no mercado com os mesmo ingredientes e que possua a mesma funcionalidade”, disse Jheferson Luiz Gabriel, um dos responsáveis. A próxima etapa, segundo Gabriel, é patentear a inovação. O público elegeu como seu favorito o projeto de implantação e implementação da responsabilidade socioambiental na indústria, desenvolvido pelo Senai de Umuarama.
Conheça aqui todos os vencedores da Mostra Inova 2001 paranaense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário