quarta-feira, 6 de julho de 2011

Iniciação tecnológica: Lego chega aos aluno do Senai

Alunos dos cursos de aprendizagem da FatecSenai Campo Grande começam neste mês o Projeto Lego Education de Aprendizagem e Autodesenvolvimento. O objetivo é incentivar a iniciação tecnológica e contribuir para desenvolver atitudes e competências básicas e de gestão. Em Mato Grosso do Sul, o projeto está sob a coordenação da Coordenadoria de Educação a Distância (COED), responsável pela interlocução entre as equipes do Senai Nacional e do estado, tendo a FatecSenai Campo Grande como a primeira executora do trabalho. 

Segundo a coordenadora do COED, Maíse Rodrigues Sá Giacomeli, a experiência será executada em 18 meses e trabalhará temas como empreendedorismo, ética e cidadania, higiene e segurança no trabalho, meio ambiente, qualidades pessoais e tecnologia de informação. “A primeira etapa a ser desenvolvida neste ano atenderá 235 alunos dos cursos de auxiliar administrativo, assistente de controle de qualidade, assistente de produção industrial e assistente administrativo industrial. Na segunda etapa, em 2012, participarão 65 alunos dos cursos de assistente administrativo industrial e assistente de controle de qualidade”.
 
A supervisora pedagógica dos cursos de aprendizagem da FatecSenai, Grace Barros Leite, ressalta que o projeto oferece ferramentas para serem utilizadas pelos docentes para trabalhar os temas propostos. “É um recurso a mais para ser usado em sala de aula. O docente vai oferecer uma situação de estudo e, a partir daí, os alunos vão utilizar as peças de Lego para montar robôs (foto) que executem determinada tarefa." Os alunos receberão um kit com peças para montagem e processador – uma espécie de computador que dará movimento ao boneco montado.
 
“Para os alunos será um trabalho fantástico, pois eles já têm muita criatividade e poderão exercitá-la ainda mais, sem contar que as atividades propostas vão enriquecer ainda mais os temas transversais trabalhados em sala”, destaca Grace. Segundo ela, o trabalho será desenvolvido por meio de uma necessidade, desafio ou um problema sob a forma de projeto. Para executá-lo será fornecido uma variedade de materiais – que incluem blocos, vigas, engrenagens, polias, motores e sensores e fascículos Lego Zoom.
 
Antes de levar a proposta para sala de aula, 16 docentes da FatecSenai serão capacitados na próxima semana (11 e 12/7). Depois passarão por duas assessorias (13 e 14/7 e 1º a 7/9). A primeira assessoria será realizada por representantes da Lego Education, contando com o apoio de profissionais do Senai-MS. A interlocutora Raquel Pereira, técnica de educação e desenvolvimento tecnológico do Senai, lembrou que a proposta é do Senai Nacional, que contemplou 16 unidades da organização instaladas no Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí, Sergipe, Amazonas, Rondônia, Roraima, Tocantins e Distrito Federal, “O projeto Lego Education deverá abranger 5 mil alunos distribuídos em todo o país", disse Raquel.
Foto Senai-MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário