segunda-feira, 6 de junho de 2011

Marca forte: Senai-SC é Top of Mind em ensino técnico e profissionalizante

Quando a questão é o ensino profissionalizante, os catarinenses lembram em primeiro lugar do 
Sérgio Arruda na festa de premiação do Top of Mind - Foto Ivonei Fazzion
Senai. É o que revela a pesquisa Top of Mind, divulgada na nesta quinta (2/6) durante a homenagem às marcas mais lembradas no estado. Além do reconhecimento em âmbito estadual, o Senai-SC é mais lembrado nas regiões norte, oeste, Planalto e Vale do Itajaí. A pesquisa é realizada há 17 anos pelo Instituto Mapa, em parceria com o jornal A Notícia.

O modelo de Educação por competências – que prioriza o conhecimento e as habilidades e atitudes de acordo com o perfil desejado pelo setor industrial –, é a principal estratégia de mercado do Senai-SC, segundo seu diretor regional, Sérgio Roberto Arruda.

O foco nas demandas das empresas se traduz em resultados para as corporações, que contam com uma força de trabalho alinhada às necessidades, e para os alunos, que aumentam suas chances de ocupar as vagas oferecidas. "Os reflexos se traduzem em números: mais de 90% dos egressos de cursos técnicos e superiores de tecnologia da instituição obtêm emprego em suas áreas de formação até o término ou alguns meses depois de concluído o curso", afirma Arruda.

Além de usar pesquisas de mercado que indicam as áreas em que os profissionais são necessários, o Senai estrutura seus cursos com a participação de empresas em comitês técnicos setoriais. São constituídos por grupos de empresas, entidades de classe, universidades e órgãos públicos, para a definição do perfil de saída dos profissionais. As conclusões subsidiam a formulação curricular do curso do Senai, prática que emprega em todo o país.

A execução dos programas também é sistematizada. Os alunos desenvolvem projetos integradores das diversas disciplinas, nos quais pesquisam e aplicam conhecimentos técnicos (saber), desenvolvem as habilidades (sabe fazer) e adotam os comportamentos esperados dos profissionais do terceiro milênio.

O alto índice de empregabilidade faz o Senai ser procurado por pessoas que desejam ter acesso ao mercado de trabalho. Embora sejam comuns também os casos de estudantes de cursos de bacharelado que realizam um curso técnico para complementar a formação universitária, o desafio natural é oferecer condições para aumentar a empregabilidade das classes C, D e E. Nestes casos, a estratégia está mais diretamente relacionada aos custos e à ampliação de cursos gratuitos.

As pesquisas realizadas com alunos e ex-alunos indicam que a marca Senai está associada a atributos como seriedade, qualidade e preocupação com o cliente. São esses os aspectos que fazem a marca ser lembrada e reconhecida e que são sempre reforçados nas comunicações e no relacionamento com os clientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário