terça-feira, 14 de junho de 2011

Inclusão social: Senai e Sony qualificam pessoas com deficiência auditiva

Trinta e cinco trabalhadores com deficiência auditiva da Sony do Brasil participam do Treinamento Básico Operacional promovido pelo Senai do Amazonas, por meio do seu programa de ações inclusivas (Psai). A psicóloga do Senai, Tatyanne Santos, explica que a tarefa do Psai, que é aplicado em todo o país, incluir em cursos de qualificação profissional deficientes físicos, auditivos, visual e mental, superdotados, índios, negros e mulheres, além de estender essa atuação a pessoas acima de 45 anos e idosos. “Promovemos acesso ao ensino profissionalizante àquelas pessoas que por algum motivo sociocultural e econômico ou por preconceito ficam à margem do mercado de trabalho”, informa Tatyanne.

O conteúdo oferecido à Sony abrange simbologia e identificação de componentes, solda manual, conhecimento e utilização de parafusadeiras e as normas IPC 610-D, referente à montagem eletrônica. As primeiras duas turmas concluíram o treinamento este mês.

As aulas teóricas e práticas foram ministradas em ambientes educacionais específicos - Foto Senai-AM
As aulas teóricas e práticas foram ministradas em ambientes educacionais específicos - Foto Senai-AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário