quarta-feira, 15 de junho de 2011

Expansão em Santa Catarina: Crescimento econômico exige investimento em Educação profissional, diz presidente da Fiesc

O atual estágio da economia brasileira, em ascensão, e a percepção das pessoas de que precisam se qualificar para poder disputar as melhores oportunidades de trabalho exigem que organizações como o Senai realizem investimentos contínuos na ampliação e modernização de suas unidades. A avaliação é do presidente do Sistema Fiesc, Alcantaro Corrêa, apresentada nas solenidades de inauguração de ampliação do Senai de Indaial e de Jaraguá do Sul, na segunda (13/6).

"Esta escola foi inaugurada há cinco anos e já teve que ser duplicada. Mas ainda não será suficiente, temos que pensar no futuro", destacou Corrêa, enquanto visitava a unidade de Indaial, acompanhado por empresários. Com a inauguração de mais um bloco de 800 metros quadrados, pouco maior que o primeiro, a unidade poderá concentrar todas as suas atividades em sua sede, inclusive os cursos da área têxtil e vestuário que eram ministrados em sala alugada.

As aulas teóricas e práticas foram ministradas em ambientes educacionais específicos - Foto Senai-AM
O laboratório de química do Senai de Jaraguá do Sul foi ampliado – Foto Ivoeni Fazzioni

Segundo o diretor regional do Senai-SC, Sérgio Roberto Arruda, a organização investe em três vertentes. "Ampliamos e modernizamos as unidades, abrindo novas possibilidades de treinamento e oferecendo mais conforto aos estudantes, buscamos continuamente manter equipamentos atualizados tecnologicamente e mantemos permanentes programas de desenvolvimento dos colaboradores, para que eles se mantenham atualizados em relação às tecnologias e às tendências pedagógicas".

Em Jaraguá do Sul foram entregues os blocos B e E, com 2,4 mil metros quadrados. São salas de aula, biblioteca, cantina para 300 refeições diárias e auditório. Os espaços abrigam ainda laboratórios de química, solda, informática e de serviços técnicos e tecnológicos e estacionamento. O projeto foi concebido seguindo conceitos atuais de sustentabilidade, prevendo o máximo aproveitamento da água da chuva e da luz natural.

Nesta unidade, o Senai realiza em torno de 10 mil matrículas por ano, em cursos presenciais e a distância, nas áreas metalmecânica, eletroeletrônica, automação industrial, têxtil e vestuário, química, gestão e informática. São cursos de aprendizagem, técnico, ensino médio, superior de tecnologia e qualificação. A unidade possui extensões em Pomerode e Schroeder e um ponto de atendimento em Guaramirim. Desde sua criação, há 36 anos, o Senai de Jaraguá do Sul contabiliza cem mil matrículas, número que corresponde a mais de 70% da população atual do município.

Em Indaial, o Senai ganhou um segundo bloco, tudo agora com mais 1,6 mil metros quadrados de área construída. São seis novos ambientes educacionais, incluindo o segundo laboratório de informática. As melhorias permitem mais conforto e ampliam as possibilidades de formação profissional. Os laboratórios de solda e mecânica ganharam espaços. A unidade registra em torno de mil matrículas por ano, em cursos de aprendizagem, técnicos e de qualificação, nas áreas metalmecânica, informática, gestão e têxtil e vestuário. A unidade atua de maneira colaborativa com as unidades de Timbó e Blumenau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário