quarta-feira, 29 de junho de 2011

Educação a distância: Senai projeta dobrar matrículas no ensino profissional até 2014

A três anos do início da Copa do Mundo de Futebol e a cinco das Olimpíadas, o Senai concentra esforços na ampliação do número de matrículas no ensino profissionalizante para suprir a alta demanda de profissionais, resultante do crescimento econômico do país. O objetivo é duplicar a quantidade de atendimentos até 2014. “Em 2010, eram 2 milhões de matriculados. Para 2014, a meta é atingir 4 milhões”, afirma o diretor de Operações do Senai Nacional, Gustavo Leal.

Para alcançar o objetivo, uma das ações do Senai será investir em educação a distância (EAD), modalidade capaz de atrair um alto volume de interessados, já que possibilita a flexibilidade de horários aos estudantes. O Senai Nacional reuniu em Brasília representantes de Regionais de sete estados, responsáveis pela elaboração e implantação dos cursos a distância para serem oferecidos em todo país.

Entre as propostas apresentadas a garantia de alto padrão de qualidade dos cursos. Outras soluções para EAD serão conhecidas durante a videoconferência programada para quinta (30/6), aberta às localidades da Infovia do Sistema Indústria. Um dos temas do debate, que começará às 14h, irá analisar formas de atender à intensa demanda pela formação de profissionais no Brasil, com prioridade para o Pronatec, do governo federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário