terça-feira, 21 de junho de 2011

Cidadania: Alagoas ampliará atendimento a deficientes físicos

Um número significativo de pessoas com deficiência deixa de estudar e de se qualificar para o mercado de trabalho por causa da dificuldade de transporte e de acessibilidade aos locais das aulas. Essa situação gera, ao mesmo tempo, angústia em quem têm potencial de produzir, mas não conseguem se qualificar, e transtorno às empresas que não contam com pessoal capacitado para cumprir suas cotas de contratações exigidas por lei.
 
Em Alagoas, Senai, que desenvolve um programa de ações (Psai) para a inclusão de deficientes em cursos de qualificação profissional, está ampliando essa proposta com a parceria de 38 entidades que atuam na capital e no interior de Alagoas, todas filiadas à Federação das Entidades de Pessoas com Deficiência Física do estado (Fedefal). Serão realizadas pesquisas de mercado para identificar as necessidades de cada região contemplada. Com os resultados, o Senai vai levar cursos profissionalizantes aos municípios, e os beneficiários não precisarão mais se deslocar a Maceió para serem capacitados.
 
A deputada federal Rosinha da Adefal destaca a importância do convênio e a parceria de longos anos com o Sistema Fiea/Sesi/Senai para a assistência de deficientes. “Infelizmente, nossas cidades cresceram sem planejamento e, se o deslocamento já é difícil para quem não possui limitações físicas, imagine para as pessoas com deficiência. Essa iniciativa vai contribuir com a melhoria da qualidade de vida de todos”, afirma o diretor regional do Senai-AL, Marben Loureiro.
 
“O Psai já apresenta números significativos nestes oito anos em que está sendo aplicado. No entanto, sentimos a necessidade de ampliar este trabalho, por isso firmamos este convênio”, explica a assessora de Educação do Senai-AL, Nívia Andrade. Estiveram presentes na assinatura das parcerias, na sexta (17/6, na sede do Sistema Fiea, em Maceió, o presidente da Fedefal, João Ferreira, e da Associação dos Deficientes Físicos do estado (Adefal), Luiz Carlos Santana, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário