quarta-feira, 29 de junho de 2011

Caminho de sucesso: Parcerias entre grifes brasileiras e internacionais marcam os lançamentos de calçados do verão 2012

Parcerias entre designs nacionais e internacionais deram o tom dos calçados nas semanas de moda nacionais. O primeiro destaque é o estilista britânico Gareth Pugh, que lançou uma linha dentro das tão desejadas Melissas. O outro, a londrina Kat Maconie que desenhou, com exclusividade, os calçados para a brasileira Triya.



No caso de Gareth, a parceria representa a renovação de uma estratégia utilizada para a linha Melissa, que já contou com outras assinaturas de peso para renovação de estilo e posicionamento de imagem. A linha assinada por ele é de sapatilhas. A opção foi pelo pop, com estrelas gráficas em cores variadas como elemento decorativo, mas é o tipo de modelo que chama a atenção. No mercado de grande volume, a sapatilha tornou-se uma fatia disputada, adotada no Brasil por faixas etárias variadas e de poder econômico distintos.

Para a Triya, a parceria com Maconie surgiu em um encontro de afinidades de público e temática. A designer inglesa ressalta que seu trabalho possui uma paleta menor e mais discreta de cores e, no caso, houve uma adaptação à cartela da marca. Modelos de salto alto e cheio, como os da foto, que ela projetou, têm referência na década de 1970, base de boa parte das coleções de verão.




Seja partindo de orientação segura da eficiência de determinada modelagem, caso da sapatilha, ou e de tendência sazonal, no caso da Trya, a parceria com nomes conhecidos entra na estratégia para atrair mídia espontânea e identificação com o público-alvo. Funciona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário