segunda-feira, 16 de maio de 2011

Design como estratégia: Indústrias catarinenses apostam no design para atuar no mercado nacional

Móvel Brasil, feira de São Bento do Sul que também tem como tema a decoração e começará amanhã (17/5), terá como atração especial o Espaço Design, uma casa que vai apresentar projetos produzidos a partir de uma parceria entre indústrias moveleiras e o Senai-SC. As 25 peças em exposição nos quatro dias do evento foram criadas a partir de oficinas de design estratégico promovidas pelo Senai. Participaram profissionais de 11 empresas da região norte catarinense, que adotaram métodos de desenvolvimento de produtos que tenham maior valor agregado.

"Em geral, muitas dessas empresas eram voltadas para a exportação e trabalhavam com projetos de móveis que vinham prontos, e por isso não tinham um setor de design. Com a crise internacional, elas tiveram que se voltar para o mercado interno e agora têm condições de desenvolver produtos dentro da empresa", explica o consultor do Senai local, Cleder Bez Batti, que participou do projeto.

Os organizadores da feira esperam a visita de 10 mil pessoas - Foto Móvel Brasil 2009

Ao adotar o design estratégico, a empresa aproxima a área de criação a outros departamentos, como produção e vendas. Segundo Batti, as oficinas de design serviram para quebrar paradigmas, já que muitas delas acreditavam que investir na área é caro e difícil. "Para desenvolver os produtos, os profissionais tiveram que estudar o uso de novos materiais e métodos de produção". Agora, ressalta o consultor, as indústrias estão mais abertas à questão do design e conscientes de que investir nessa área não se trata de escolha, mas de uma exigência para se manter no mercado.

Algumas das peças que estarão em exposição já estão no mercado. O foco das equipes foi de aliar custo adequado com o diferencial do design para dar origem a móveis voltados para o mercado das classes C e B. Na casa de madeira de 140 metros quadrados serão apresentados produtos de diversos ambientes, entre mesas, camas, estofados e luminárias.

A produção dos móveis expostos no Espaço Design também serviu de experiência para os alunos dos cursos técnico em design de móveis e de aprendizagem em desenhista industrial de móveis, ambos do Senai. Além de apresentarem criações próprias, os alunos também interagiram com as empresas e criaram projetos de móveis a partir das necessidades apontadas pelas indústrias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário