segunda-feira, 30 de maio de 2011

Construção civil: Setor busca ampliar parcerias de trabalho no Distrito Federal

O Sindicato da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) sediou na quinta (26/5), encontro com industriais ligados ao setor para discutir negócios e sustentabilidade. O evento teve a presença de 18 construtoras e de 42 empresas ligadas aos segmentos do comércio e indústria, todas do DF. Foram realizadas 316 negociações, que geraram cerca de R$ 28 milhões.

O presidente do Sindicato da Alimentação de Brasília (Siab), Joffre Nascimento, avalia que o fato de priorizar as empresas do DF faz toda a diferença, além de fortalecer a causa sindical e beneficiar os vinculados aos sindicatos da Fibra. “Fizemos muitos contatos a partir dessas negociações, agora é a hora de ampliar essa conversa e colher os frutos fortalecendo o contato. Com isso as empresas e os sindicatos só tendem a ganhar com qualidade nos serviços prestados, pois tem a certificação de estarem veiculadas a algum dos sindicatos que fazem parte da Fibra”, concluiu.

O encontro surgiu da demanda identificada pelo Sinduscon-DF, cujos filiados reclamavam da falta de conhecimento de serviços prestados por empresas locais que atendessem a seus interesses. Segundo a gerente técnica do Sinduscon-DF, Isabela Ferreira, responsável pelo evento, essa foi uma boa oportunidade para se gerar negócio, o que auxilia na geração de trabalho e renda, além de deixar os preços mais competitivos nos setores envolvidos. “O Sinduscon é um grande gerador de negócios e, observando isto, sentimos a necessidade de ampliar o contato entre as empresas”, afirmou.

As negociações se deram juntamente com as empresas que ofertaram seus serviços de diversos segmentos da indústria, como a da alimentação, mobiliária, gráfica, marmoraria e vestuário, entre outros sindicatos filiados à Fibra.

O supervisor técnico da área da construção civil do Senai-DF, Marcelo Feijão ressalta a importância do estreitamento do contato dos construtores locais com as empresas. “Essa aproximação é muito importante, porque não faz sentido buscar fora do DF serviços que podem ser prestados com qualidade, eficiência, acessibilidade com custos mais em conta aqui na região. Nossa grande proposta é justamente de alavancar o mercado da construção civil do DF e das empresas parceiras da cidade.”

A ideia de construção sustentável é outra bandeiras do Senai-DF, que trata do assunto ainda em sala de aula. “Enquanto formador de profissionais, o Senai-DF trabalha no aluno a conscientização, buscando evitar os desperdício e minimizar os impactos da construção civil no meio ambiente”, comento Feijão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário