sexta-feira, 13 de maio de 2011

Capas de chuva são a nova aposta de designers

Os dias cinza e chuvosos não serão mais os mesmos depois da Rain Dear. É que a marca islandesa, encabeçada pelo designer têxtil Þorbjörg Valdimarsdóttir e pela designer de moda Heiða Eiríksdóttir, é especializada em roupas e acessórios femininos para a chuva e tem ideias ótimas para esse nicho de produtos. Propondo misturas de matérias-primas como lã, plástico e seda, as superfícies desenvolvidas pela marca são oferecidas em paleta de cores marcantes, texturas singulares e produtos atraentes.

As capas e casacos são produzidos na Itália a partir de modelagens que pretendem atender às necessidades ergonômicas e de estilo de uma gama variada de consumidoras. Tal preocupação pode ser vista nas diferentes silhuetas, nos comprimentos curtos e longos de manga e corpo e nos detalhes de babados, capuzes coloridos e estampas.

Recursos variados atendem a diversos estilos - Fotos www.raindear.net
Recursos variados atendem a diversos estilos - Fotos www.raindear.net

Há alguns invernos, o mercado de moda rápida brasileira experimentou a entrada das galochas nos calçados. Para o Brasil, que tem chuvas com freqüência, a ideia de investir em capas de chuva com apelo de moda parece abrir campo para um terreno pouco ou nada explorado.
Saiba mais sobre gestão do design no Portal Senai de Design

Nenhum comentário:

Postar um comentário