segunda-feira, 25 de abril de 2011

Metrologia tridimensional: Novo programa vai qualificar pessoal para o Polo Industrial de Manaus

Até recentemente os profissionais que trabalhavam com máquinas de medir por coordenadas no Polo Industrial de Manaus precisavam ser capacitados ou atualizados tecnologicamente em São Paulo ou cidades longe do Amazonas. Agora, essa demanda será atendida pelo Senai-AM, que acaba de lançar os cursos de metrologia avançada em medição tridimensional com softwares Geopak Win e QM Data 300 Manual.

A medição tridimensional é o recurso metrológico mais poderoso que as empresas possuem para o controle geométrico do produto. O instrutor de metalmecânica do Senai-AM, Sílvio Rapozo, explica que a metrologia está no cotidiano de todos nós, como no horário em que o despertador toca, na pressão dos pneus, ou no peso do alimento a quilo.

Sílvio Rapozo e Marcus Sales - Foto Senai-AM
É impossível pensar numa civilização avançada sem a metrologia. "É uma atividade que está presente em todo o ciclo de vida do produto, desde o seu desenvolvimento e processo até o controle seriado", explica Rapozo. Segundo ele, a metrologia tem motivado muitas empresas a adotar a tecnologia tridimensional, um recurso de maior precisão de seus produtos, trazendo vantagens em termos de flexibilidade, automatização, exatidão e potencialidades matemáticas.

Os cursos podem ser desenvolvidas no prazo de duas a três semanas. De acordo com um dos responsáveis pelo treinamento, instrutor Arlindo Ribeiro, as turmas serão fechadas com cinco a seis alunos, promovendo assim maior aproveitamento do aprendizado. A prática será realizada no laboratório de metrologia do Senai de Cachoeirinha, onde estão instaladas as máquinas de medição tridimensional com os softwares Geopak Win e QM Data 300.

A metrologia avançada está cada vez mais presente no processo de controle de fabricação nas empresas do Polo Industrial. A elevada velocidade de medição, a riqueza de detalhes das peças e componentes mecânicos e o nível de automação tornam a qualificação em medição tridimensional um pré-requisito indispensável ao profissional da capital. “As empresas de médio porte também estão aderindo a este recurso, pois os custos na aquisição das máquinas de metrologia avançada se tornam relativamente acessível com relação aos benefícios que o serviço traz, tanto pelo aumento do volume de serviços quando ao crescimento do número de clientes”, ressalta o metrologista da empresa Tutiplast, Marcus Antônio Sales.

As matrículas para as primeiras turmas dos cursos, que devem ser iniciados em junho, estão abertas.
Mais informações: 92 3133-6414.


Nenhum comentário:

Postar um comentário