terça-feira, 19 de abril de 2011

Abrace essa causa: 50 mil tweets contra a exploração sexual de crianças e jovens

Cerca de cem artistas e atletas de destaque na sociedade brasileira, Senai, Sesi e outras organizações do Sistema S e diversas instituições parceiras, governamentais e não governamentais participarão de uma das maiores ações públicas já realizadas em redes sociais em defesa de crianças e adolescentes vitimados pela exploração sexual comercial ou em situação de vulnerabilidade social.


Twitter, Facebook, Orkut e Flickr serão palcos até 18 de maio da ação 50 mil tweets contra a exploração sexual. A intenção é ampliar a adesão à causa, fomentar o debate público sobre o tema e sensibilizar a sociedade para estimular um comportamento pró-ativo no que diz respeito ao enfrentamento deste problema social que atinge milhares de crianças e jovens.

A ação conta com a participação de atores e atrizes como Reynaldo Gianechinni, Suzana Vieira, Preta Gil, Bruno Gagliasso e Márcio Garcia, incluídos num grupo de cerca 70 artistas. Também já aderiram atletas como Oscar Schmidt, Robson Caetano e Aurélio Miguel, entre outros.

A iniciativa culminará com um grande twitaço no Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, quando a organização da campanha espera atingir, pelo menos, os 50 mil tweets que colocaria o tema da exploração sexual infantojuvenil entre os mais twitados do dia, integrando a lista do trend topics nacional. A atividade integra o calendário oficial das atividades de 18 de maio organizado pelo governo federal.

Resgate e emprego
Essa ação faz parte da campanha Carinho de Verdade – um gesto contra a exploração sexual é um desdobramento do Programa ViraVida, desenvolvido pelo Conselho Nacional do Sesi desde 2008, envolvendo jovens e adolescentes de 16 a 21 anos em situação de exploração sexual. O resgate social desses jovens se dá por meio da formação socioeducativa e capacitação profissional, com posterior inserção no mercado de trabalho.



Com o apoio de Xuxa Meneghel e a adesão de vários artistas, personalidades, celebridades, empresários, atletas e outras lideranças, a Carinho de Verdade procura abrir o debate franco sobre o problema. A questão passa pelo envolvimento dos diversos atores da sociedade na busca de soluções que garantam aos jovens o direito a ter uma vida protegida da violência sexual.

A campanha elegeu como espaço prioritário de ação as redes sociais da internet. A ideia é que a rede ajude a ampliar a visibilidade do tema e permita uma maior participação dos diversos segmentos organizados da sociedade que já integram/apoiam a iniciativa, como as organizações do Sistema “S” ministérios e empresas públicas; poder legislativo federal, estadual e municipal; organizações da sociedade civil, OAB e a rede social de enfrentamento da violência sexual existente em todo o País.

Qualquer um pode aderir a essa mobilização social e ser um multiplicador da ação. Pessoas físicas, organizações da sociedade civil, órgãos públicos e privados, com presença em redes sociais, poderão a partir de suas páginas pessoais ou institucionais divulgar a mobilização utilizando a hashtag #carinhodeverdade em suas redes. Aqueles que ainda não tiverem presença em redes sociais poderão acessar o site oficial da campanha www.carinhodeverdade.org.br e fazer sua adesão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário