segunda-feira, 7 de março de 2011

Paraná anuncia a criação do Comitê de Ciência e Tecnologia

O Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Alípio Leal se reuniu recentemente com o diretor regional do Senai-PR, João Barreto Lopes, com especialistas do Sistema Fiep e gestores do Centro Internacional de Inovação (C2i) para discutir oportunidades de trabalhos conjuntos entre o governo e o setor produtivo.
 
O encontro foi marcado pelo anúncio da criação do Comitê de Ciência e Tecnologia do estado, que será presidido pelo governador Beto Richa e terá a participação das Secretarias de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e de Planejamento, além da representação do Sistema Fiep e da Ocepar.

A visita é fruto de uma reunião recente, onde o presidente da Fiep, Rodrigo da Rocha Loures, recebeu alguns dos secretários do novo Governo do Estado. Na ocasião o novo staff da administração do Paraná demonstrou interesse em estreitar as relações com o setor produtivo do estado por meio da Fiep.

Segundo João Lopes, essa integração entre o governo, indústria e academia é importante para se desenvolver projetos que irão gerar mais competitividade às empresas do Paraná. “O secretário ficou satisfeito com os projetos desenvolvidos pelo C2i e pelas iniciativas da Fiep que já visam à união entre a indústria e a academia. Se somarmos esforços do governo, estes projetos vão apresentar resultados ainda melhores e em um prazo menor”, ressalta.

O C2i, do Sistema Fiep, foi criado em 2009 para desenvolver a cultura da inovação no estado como ferramenta propulsora para a competitividade empresarial. Dentre suas atividades, está a aproximação de instituições que proporcionem ao setor produtivo do estado, serviços e recursos para inovação em diversos setores da economia. O C2i já firmou parceria com institutos nacionais, como Anpei, Endeavor e BM&F Bovespa, e internacionais, como Fraunhofer, da Alemanha, e ITRI, de Taiwan.

No campo da pesquisa, o C2i mantém parceria com universidades públicas e privadas do estado, além de desenvolver projetos com instituições internacionais como a Ucla, dos Estados Unidos, e a UTC, da França. Ao todo são 40 instituições de pesquisa, tecnologia e negócios que compõem o portfólio de parcerias. Para o diretor-executivo do C2i, Filipe Cassapo, o centro atua como uma concessionária de apoio à inovação. “O objetivo do centro é promover a cultura da inovação em todas as empresas do Paraná, independente do segmento de atuação ou do tamanho do negócio.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário