terça-feira, 22 de março de 2011

Padarias de Manaus vão ampliar a qualidade de seus produtos.

O Programa de Alimentos Seguros (PAS), coordenado pelo Senai, será implantação em 20 panificadoras de Manaus. Esse trabalho conta com a parceria do Sebrae-AM que financiará 90% dos custos da consultoria da gestão de qualidade nas empresas indicadas pelo Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Amazonas.
 
Segundo o coordenador de Relações com o Mercado da Escola Senai de Ações Móveis e Comunitárias, Sérgio Furtado, o programa é aplicado para reduzir os riscos à saúde do consumidor, por meio da disseminar e instalação dos sistemas Boas Práticas (BPF) de Fabricação e de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) na cadeia produtiva de alimentos, do campo à mesa. “O PAS cultiva a política da qualidade da produção de alimentos seguros à saúde, contribuindo também para o aumento da exportação de alimentos”, diz Furtado.
 
De acordo com o presidente do sindicato, Carlos Alberto de Azevedo, o segmento registra mais de mil panificadoras na capital do Amazonas, empregando 12 mil trabalhadores diretos. “Estamos preocupados com a qualificação de toda a cadeia produtiva de panificação, pois temos que estar preparados para atender à demanda de turistas no período da Copa de 2014”.
 
O PAS é desenvolvido em todo o país pelas organizações do Sistema S e outras públicas e privadas. O programa abrange desde a colheita à comercialização dos alimentos. Atua nas vertentes Campo, Transporte, Indústria, Distribuição e Mesa, além de Ações Especiais. Recentemente, o Senai-AM trouxe à Manaus o biomédico Roberto Martins Figueiredo, o Doutor Bactéria, para lançar o PAS Consumidor.
 
Na palestra Saiba como se alimentar com segurança, o Doutor Bactéria apresentou a nova ação do programa, que visa sensibilizar da população quanto aos aspectos da segurança na hora de consumir produtos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário