segunda-feira, 14 de março de 2011

Diretor de centro do Senai vai presidir Rede Global para Eficiência de Recursos e Produção mais Limpa

Paulo de Oliveira Rosa, diretor do Centro Nacional de Tecnologias Limpas Senai do Rio Grande do Sul/Unido/Unep, é o presidente do recém-formado Comitê Executivo da RECP Net, Rede Global para a Eficiência de Recursos e Produção mais Limpa criada pela Unido e Unep. Composto também por diretores dos centros de produção mais limpa do Líbano, Egito, Vietnã e Lituânia, o comitê se reunirá pela primeira vez nesta segunda e terça (14 e 15/3), em sua sede, em Viena, na Áustria.


O CNTL foi inaugurado pela Unido e Unep em 1995, em Porto Alegre. Referência nacional, o CNTL ainda busca uma maior eficiência dos processos produtivos, visando à prevenção da poluição e ganhos econômicos para as empresas.

A RECP Net está dividida em regiões geográficas – América Latina e Caribe, África, Leste Europeu e Ásia. Primeiramente, os centros nacionais de produção mais limpa existentes em cada região elegem seu representante para compor o Comitê Executivo da RECP Net. Um destes cinco membros é eleito presidente do comitê executivo da rede, em votação na qual participam todos os 42 centros nacionais de produção mais limpa existentes.

"A RECP Net vai promover ações e projetos entre os centros e, desta forma, incrementar o intercâmbio de conhecimentos e práticas que cada um dispõe, possibilitando fomentar cada vez mais a produção mais limpa e o desenvolvimento sustentável", destaca Rosa.

Também será priorizado, segundo ele, o intercâmbio de técnicos e o apoio dos centros existentes para a implantação de novas unidades em outros países. Rosa, que dirige o CNTL Senai/Unido/Unep há seis anos, havia sido eleito representante da América Latina e do Caribe pelos diretores dos centros nacionais de produção mais limpa dos países que compõem estas regiões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário